O derradeiro teste online para os especialistas do MotoGP™

O MotoGP™ League 2014 é o jogo oficial online do Campeonato do Mundo de MotoGP™ e realiza-se desde a primeira jornada no Qatar a 23 de Março, até à última corrida do ano em Valencia, Espanha, a 9 de Novembro.

Grátis, fácil e divertido de jogar

O MotoGP™ League 2014 é grátis, fácil de jogar, oferece prémios fantásticos e é muito divertido. Pode antever cada jornada da campanha de 2014 e dar mostras dos seus conhecimentos do MotoGP™ enquanto compete com amigos e outros fãs.
Teste a sua experiência com antevisões sobre como cada uma das jornadas da época de 2014 se vai desenrolar com o mais jovem Campeão do Mundo de sempre do desporto, Marc Márquez, a tentar defender o ceptro contra pilotos como o colega de equipa na Repsol Honda, Dani Pedrosa, e os rivais da Movistar Yamaha MotoGP, Jorge Lorenzo e Valentino Rossi.
Como se dará Cal Crutchlow na Ducati e será ele capaz de bater o colega de equipa Andrea Dovizioso? Conseguirão Stefan Bradl, Álvaro Bautista, Aleix Espargaró e Bradley Smith lutar pelo pódio? Quem avo conquistar o título de Campeão do Mundo de MotoGP™ de 2014?
Não tem uma conta motogp.com? Registe-se aqui

Jogue por prémios!

Se consegue responder a algumas destas questões tem a possibilidade de ganhar prémios MotoGP de bilhetes para Grandes Prémios ao longo do ano.

No final da época o vencedores recebem prémio exclusivos do MotoGP. O primeiro prémio é um capacete assinado pelo Campeão do Mundo Marc Márquez, o segundo é um relógio Tissot T-Race Amarelo e o terceiro um Pacote MotoGP (óculos de sol Oakley, boné MotoGP, casaco GAS e uma camisola com capucho). Os prémios são atribuídos aos três primeiros classificados da geral.

MotoGP™ combo
Capacetes MotoGP™
Relógio MotoGP™
Bilhetes MotoGP™

Rossi triunfa no 250º GP na categoria rainha

A corrida de MotoGP™ no Tissot Grande Prémio da Austrália viu Valentino Rossi assinar a segunda vitória de 2014 com Jorge Lorenzo e Bradley Smith também no pódio. Marc Márquez caiu enquanto liderava numa corrida repleta de incidentes e Dani Pedrosa viu-se forçado a desistir depois de ser tocado por Andrea Iannone.

Publicidade