Nieto pode rodar em Le Mans depois de operação à clavícula

Quarta, 7 Maio 2008

O piloto da Onde KTM 2000 vai tentar regresso menos de duas semanas depois da queda em Xangai.

Incapaz de participar no Pramac Grande Prémio da China depois de fracturar a clavícula na qualificação de Sábado, Pablo Nieto está apostado em fazer audacioso regresso a tempo da próxima ronda de Le Mans.

O piloto da Onde 2000 KTM regressou directamente a Madrid para ser tratado pelo respeitado cirurgião Dr. Angel Villamor, o que envolveu a recolocação da placa metálica inserida depois da última queda para reparar melhor os danos causados.

Já a levar a cabo a reabilitação com exercícios, gelo, ultrassons e massagens, Nieto está a correr contra o tempo para fazer a sua última participação em Le Mans nas 125cc.

`Estou desejoso por ir e quero fazer os impossíveis para estar na grelha em Le Mans,´ afirmou o determinado espanhol. `Ganhei muita mobilidade e tenho de agradecer À equipa médica por lá ter estado no domingo para me operarem o mais cedo possível.´

Quando às possibilidades de Nieto alinhar na corrida de 18 de Maio, o Dr. Villamor foi muito claro.

`O Pablo vai mesmo ter de lutar contra as dores, bem como contra os demais pilotos, mas não tenho preocupações quanto a eventuais movimentos da placa. Para ser claro: se o Pablo cair em Le Mans terá a mesma probabilidade de fracturar qualquer outro osso, como a de repetir a fractura da clavícula,´ explicou o cirurgião.

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Fotos:

Abrir mais notícias

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™