Stoner foi o mais rápido no teste pós corrida da Catalunha

Segunda, 9 Junho 2008

Casey Stoner foi o piloto mais rápido no teste pós corrida de segunda-feira na Catalunha, uma data em que se assistiu à estreia da Desmosedici GP9 e ao regresso do motor de válvula pneumática da Honda.

A segunda-feira que se seguiu ao Grande Prémio Cinzano da Catalunha pode ter dado aos fãs a oportunidade de recuperarem o folgo depois de espectacular dia de corridas, mas para a maioria dos pilotos de MotoGP não houve lugar a descanso. Os dois dias de testes em Barcelona – a última oportunidade de trabalho informal até à República Checa – foi considerado como uma antevisão do que pode vir a ser o futuro da categoria rainha, isto devido a alguns desenvolvimentos colocados nas agendas de trabalho da Honda e da Ducati.

Esses desenvolvimentos foram o recém melhorado motor de válvula pneumática da RC212V, que este ao dispor do vencedor da corrida de domingo Dani Pedrosa e do seu companheiro de equipa Nicky Hayden, e a Ducati Desmosedici GP9. Ambos rodaram pela primeira vez nas cinco horas iniciais de trabalho e que tiveram início às 13 horas locais.

Foi Stoner quem terminou o dia como o mais rápido com um registo de 1m41,533ss assinado na última hora da sessão. Originalmente agendado para terça-feira ou para o próximo ano, Stoner acabou por rodar já com a Desmosedici GP9. O australiano contou com a ajuda do piloto de testes Vittoriano Guareschi nos primeiros trabalhos com a moto fora de Itália.

Em contraste com domingo, Stoner terminou à frente do líder do Campeonato do Mundo Valentino Rossi nas tabelas de tempos. O piloto da Fiat Yamaha voltou a trabalhar sozinho, com o companheiro de equipa Jorge Lorenzo ainda a recuperar da contusão na Catalunha. Depois de registar um tempo de 1m41,857s e uma volta de abrandamento Rossi deu por concluído o dia e a visita a Espanha.

O piloto satélite da Honda Shinya Nakano assinou o terceiro tempo do dia com um crono de 1m42,039s pouco antes das 17 horas com a sua San Carlo Honda Gresini. O piloto japonês e o seu companheiro de equipa Alex de Angelis também vão descansar depois da sessão de trabalho de segunda-feira, não marcando presença na terça-feira.

O há muito atrasado reaparecimento do motor de válvula pneumática da Honda foi feito pelos pilotos da Repsol Honda, um dos aspectos mais falados do teste e, sem dúvidas, da época. Pedrosa efectuou 32 voltas com o motor de válvula pneumática, focando-se principalmente em tiradas longas com menos de um quarto da distância de corrida.

Fora do teste ficaram o já referido Lorenzo, bem como o veterano e lesionado Loris Capirossi, da Rizla Suzuki, e Anthony West, da Kawasaki, este a caminho do Japão para teste privado com o objectivo de resolução das dificuldades que está a sentir esta época.

Teste de MotoGP da Catalunha: Tempos Dia 1

1 Casey STONER, Ducati Marlboro Team - 1´41.533
2 Valentino ROSSI, Fiat Yamaha Team - 1´41.857
3 Shinya NAKANO, San Carlo Honda Gresini - 1´42.039
4 James TOSELAND, Tech 3 Yamaha - 1´42.505
5 Alex DE ANGELIS, San Carlo Honda Gresini - 1´42.699
6 Nicky HAYDEN, Repsol Honda Team - 1´42.721
7 Sylvain GUINTOLI, Alice Team - 1´42.755
8 Randy DE PUNIET, LCR Honda MotoGP - 1´42.775
9 Chris VERMEULEN, Rizla Suzuki MotoGP - 1´42.782
10 Andrea DOVIZIOSO, JiR Team Scot MotoGP - 1´42.818
11 Colin EDWARDS, Tech 3 Yamaha - 1´43.127
12 Toni ELIAS, Alice Team - 1´43.197
13 Dani PEDROSA, Repsol Honda Team - 1´43.552
14 John HOPKINS, Kawasaki Racing Team - 1´43.630
15 Marco MELANDRI, Ducati Marlboro Team - 1´44.326
16 Olivier JACQUE, Kawasaki Racing Team - 1´44.927
17 Aoki NOBUATSU, Rizla Suzuki MotoGP - 1´45.011

TAGS 2008

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Fotos:

Abrir mais notícias

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™