Ben Spies junta-se a Edwards na Tech 3 para 2010

Quinta, 1 Outubro 2009

A equipa Monster Yamaha Tech 3 anunciou que a sua equipa para 2010, sera constituida por Ben Spies e Colin Edwards, uma formação 100% Americana para o MotoGP.

Esta situação foi confirmada ainda antes da partida para o bwin.com Grande Premio de Portugal, pelo director da equipa Herve Poncharal.

Spies, de 25 anos, ingressa na Tech 3, precedido de excelentes credenciais conseguidas no campeonato WSB – Super Bikes – e depois de ter ganho três Campeonatos Suberbike nos Estados Unidos, de 2006 a 2006, com a Suzuki. No ano passado participou por três ocasiões em corridas de MotoGP, tendo consguido um bom sexton lugar absolute em Indianapolis.

Entretanto Edwards concordou em efevtuar mais um contrato de um ano de validade com a Tech 3, depois de uma boa época de MotoGP em 2009, que culminou com um estupendo Segundo lugar na difícil corrida da Grã-Bretanha , disputada em Donington Park. O antigo companheiro de equipa de Valentino Rossi, agora com 35 anos, ficou ainda nos sete primeiros em 13 corrodas de 2009 e está ainda na luta para conseguir terminar entre os cinco primeiros classificados no fim da época. 2010 será o seu terceiro ano com a Tech 3.

Spies afirmou: “Eu gostaria de agradecder à Yamaha por ter acreditado em mim. Trataram-me como um rei… Recentemente pediram-me para pensar no meu contrato para 2010 e 2011, mas acho que com a minha idade o melhor é pensar ano a ano, esperando portanto para ver o que irei fazer em 2011.”

“Agora tenho dois desafios para cumprir este ano, pelo que terei que dar o meu melhor, aspirando a outros voos no MotoGP. Herve Poncharal da Tech 3, deu-me todo o seu apoio, tal como Tom Houseworth, o meu Director de Pista, Gregory Wood, o meu mecânico, o fizeram desde que entrei para a equipa. Temos ainda algumas coisas para acertar para podermos ser ainda mais competitivos no próximo ano, tentando terminar sempre nos 6-8 primeiros, o que seria bastante bom para a equipa. Estamos todos prontos para o desafio.”

Lin Jarvis, Team Manager da Yamaha Motor Racing, acrescentou:“No seguimento do anúncio feito que confirma a presenca do Ben por dois anos na nossa equipa, o piloto ficou definitivamente convencido a deixar as Super Bikes para ingressar no MotoGP, apesar disso apenas estar inicialmente previsto para o 2011 ou 2012. O Ben fez um trabalho fantástico na sua primeira época de Superbikes, pelo que estamos ansiosos pelas suas prestações em 2010.”

“Achamos que o Ben aprenderá depressa e será por certo um futuro candidate a um título Mundial. Queremos tê-lo connosco a trabalhar nos próximos anos.”

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Fotos:

Abrir mais notícias

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™