Elías soma terceira vitória do ano na Alemanha

Moto2™ oferecido por
moto2 elias sachsenring victory
Domingo, 18 Julho 2010

O líder do Campeonato de Moto2 efectuou fenomenal recuperação para vencer a corrida à frente de Andrea Iannone e Roberto Rolfo no eni Motorrad Grand Prix Deutschland neste domingo, um resultado que lhe permitiu dilatar a vantagem na frente da classificação para 42 pontos.

A terceira vitória da época de Toni Elías surgiu este domingo em Sachsenring com o piloto da Gresini Moto2 a levar de vencida o eni Motorrad Grand Prix Deutschland de Moto2, o que destacou o espanhol ainda mais na frente do Campeonato.

Uma queda na primeira volta envolvendo Raffaele De Rosa (Tech 3 Racing), Héctor Faubel (Marc VDS Racing Team), Ricky Cardús (Maquinza-SAG Team), Joan Olivé (Jack&Jones by Antonio Banderas) e Lukas Pesek (Matteoni CP Racing) deixou os pilotos com a corrida desfeita, se bem que os dois primeiros ainda conseguiram voltar à pista. Sem problemas na frente estava a dupla da Fimmco Speed Up Gabor Talmacsi e Iannone, com Julián Simón (Mapfre Aspar) a ocupar a terceira posição.

Seguiram-se ainda as quedas de Yuki Takahashi (Tech 3 Racing) e de Simón, este numa altura que rodava forte para se manter na cola de Talmacsi. O piloto da casa Arne Tode (Racing Team Germany), que se tinha qualificado em segundo, Alex Debón (Aeroport de Castelló-Ajo) e Sergio Gadea (Tenerife 40 Pons) foram outros dos nomes a irem a ao tapete, com Thomas Lüthi (Interwetten Moriwaki Racing) a ter também um frustrante final antecipado.

A 11 voltas do final Elías estava a recuperar bem da má partida que o tinha feito perder várias posições depois de ter sido o terceiro na qualificação. O espanhol passou Talmacsi – que começou a perder ritmo com a degradação dos pneus – e também Simone Corsi (JiR Moto2). Contudo, a corrida do italiano terminou na 20ª volta quando perdeu a frente da sua moto na Curva 12 numa altura em que era terceiro.

O experiente Elías aproximava-se do líder da corrida, Iannone, e a seis voltas do final o líder do Campeonato desferiu o seu ataque para reclamar a primeira posição. Roberto Rolfo(Italtrans STR) também estava a recuperar posições e passou Talmacsi, já muito frustrado nesta altura e sem poder fazer nada.

A fantástica luta pela terceira posição na última volta entre Rolfo e Fonsi Nieto (G22 Holiday Gym) acabou por ser ganha pelo italiano, isto depois de Elías ter cruzado a linha de meta com 3,297s de margem sobre Iannone para conquistar o terceiro triunfo do ano.

Nieto foi quarto, com Karel Abraham (Cardion AB Motoracing) quinto e Talmacsi sexto. Uma fantástica prestação por parte do piloto de substituição Damiam Cudin, da Tenerife 40 Pons, valeu ao australiano o sétimo posto.

Elías soma agora 136 pontos na frente da classificação, 42 de margem sobre Lüthi depois deste não ter terminado. Iannone passou para terceiro, a apenas quatro pontos do suíço graças ao seu terceiro pódio da época.

TAGS Germany

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
MotoGP VIP VILLAGE™