Lorenzo termina época de conquista do ceptro com vitória em Valência

motogp race valencia
Domingo, 7 Novembro 2010

O Campeão do Mundo de MotoGP venceu a nona corrida da época no fecho da temporada em casa, com Casey Stoner e Valentino Rossi a terminarem as suas relações com a Ducati e Yamaha com pódios.

Jorge Lorenzo fechou a muito bem sucedida temporada de 2010 com a nona vitória do ano no domingo, em Valência e perante um público caseiro muito satisfeito. O Campeão do Mundo, que nunca antes tinha ganho no Ricardo Tormo em qualquer classe, acabou por cruzar a meta com 4,576s de margem sobre Casey Stoner, que foi seguido de Valentino Rossi no pódio.

Apesar da vantagem conseguida na vitória não se tratou de um triunfo fácil para o piloto de 23 anos, que esteve muito bem ao evitar queda quando tocou na moto de Marco Simoncelli nos momentos iniciais da corrida. Motivado ainda mais pelo momento, Lorenzo deu o máximo e rodou de forma brilhante para terminar o ano de forma perfeita.

Na segunda posição, e terminando quatro anos de parceira com a Ducati, Stoner liderou a corrida durante muitas voltas, mas a oito voltas do final não conseguiu evitar a ultrapassagem de Lorenzo. O australiano, que tinha mostrado grande ritmo nos treinos e qualificação para assinar a pole, optou por um composto de pneu traseiro duro para a corrida, enquanto os outros dois homens do pódio escolheram o composto médio.

Quatro segundos mais atrás ficou Rossi, que também deu por terminada a sua ilustre associação com a Fiat Yamaha ao cabo de sete anos. O italiano ficou em terceiro depois de grande lutar com Lorenzo nos momentos inicias da corrida. Rossi também garantiu o terceiro posto no Campeonato, à frente de Stoner.

A luta pela quarta posição foi outra das emoções do evento, com Ben Spies a levar a melhor na última prova aos comandos da moto da Monster Yamaha Tech3 antes de passar para a formação oficial. O americano lutou contra Andrea Dovizioso (Repsol Honda) e contra o estreante da San Carlo Honda Gresini, Simoncelli, para terminar à frente da dupla italiana, que fechou a lista dos seis primeiros.

Dani Pedrosa (Repsol Honda) – que garantiu o vice-Campeonato com o sétimo posto – Héctor Barberá (Páginas Amarillas Aspar), Álvaro Bautista (Rizla Suzuki) e Randy de Puniet (LCR Honda) terminaram o ano de 2010 com resultados entre os dez primeiros, com Aleix Espargaró (Pramac Racing), Colin Edwards (Monster Yamaha Tech 3), Marco Melandri (San Carlo Honda Gresini Team), Hiroshi Aoyama (Interwetten Honda MotoGP) e Carlos Checa (Pramac Racing) a terminarem também nos pontos.

Nicky Hayden (Ducati Team) sofreu queda no início depois de ter chegado a segundo, enquanto Loris Capirossi (Rizla Suzuki) desistiu a 17 voltas do final.

Lorenzo terminou o ano com 383 pontos, o novo recorde de total de pontos numa só época de MotoGP. A sua vitória foi também a primeira da Yamaha na era das 800cc.

TAGS Valencia

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™