Mahindra Racing estreia decoração de competição em pista

Sábado, 19 Fevereiro 2011

A moto oficial da Mahindra Racing, a GP125, foi para a pista pela primeira vez com as cores com que vai alinhar na época de 2011. A estreia teve lugar no terceiro e último dia do molhado e ventoso Teste do Estoril.

A equipa indiana foi apresentada com os pilotos Danny Webb e Marcel Schrötter, bem como com o patrão da formação Mufaddal Choonia, que viajou desde a sede da Mahindra Corporate em Mumbai para ver a moto em acção.

A GP125, desenhada e construída pela Engines Engineering, empresa propriedade da Mahinda e com sede em Itália, fez algumas voltas com a decoração prata e vermelha antes da formação regressar à máquina de cor negra para terminar os trabalho dos testes.

Falando sobre a participação da Mahindra no Campeonato do Mundo, Anand Mahindra, vice-Presidente e Director da Mahindra Group, disse: “É motivo de grande orgulho sermos os primeiros fabricantes indianos de motos a participar no mais prestigiado campeonato do mundo de motociclismo. O MotoGP é o derradeiro teste no que toca à competição em duas rodas e é muito popular, com uma base de fãs muito leal. As motos Mahindra vão competir com as melhores do mundo e será uma oportunidade excelente para mostrarmos a nossa força em termos de engenharia e IT.”

“Hoje foi muito especial para mim porque via a moto em pista pela primeira vez com as cores da Mahindra e estou contente com o aspecto que tem,” disse Choonia. “Foi um teste difícil porque o tempo esteve mau para testar, mas as voltas que conseguimos fazer foram muito motivantes e permitiram-nos dar continuidade aos progressos que fizemos na semana passada em Valência.”

O Grupo Mahinda é o primeiro fabricante indiano a fazer entrar uma equipa no prestigiado Campeonato do Mundo de MotoGP e Danny Webb é um dos pilotos que vai correr com a GP125.

“O tempo esteve horrível no Estoril e a única altura em que o céu esteve azul foi quando rodámos com a moto prata e vermelha,” disse Danny.

“A moto parece muito bonita e as cores destacam-se mesmo, pelo que estou contente com isso. Valência foi bom porque tive a oportunidade de conhecer toda a gente na equipa e andar em frente, apesar de aqui o tempo ter estado mau.”

Marcel Schrötter também teve de fazer frente à chuva com a GP125 no Estoril.

“Foi bom rodar com a moto aqui e em Valência,” disse o germânico de 18 anos. “Toda a equipa está a trabalhar bem e estamos a fazer progressos. A moto parece muito boa e está tudo em ordem para desenvolvermos o meu estilo de pilotagem.”

“Se conseguirmos rodar no seco em Jerez acredito que estaremos bem para o Qatar.”

A Mahindra Racing vai voltar à acção em Jerez, Espanha, para o Teste oficial de três dias, de 4 a 6 de Março, antes do início da época com o Qatar Grand Prix de 17 a 20 de Março.

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Fotos:

Abrir mais notícias

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
MotoGP VIP VILLAGE™