Phillip Island a postos para receber Stoner

Segunda, 10 Outubro 2011

O piloto da Repsol Honda estará apostado para dar mais um passo rumo à conquista do Campeonato do Mundo de MotoGP de 2011 em casa no Iveco Grande Prémio da Austrália deste fim-de-semana e numa pista onde tem dominado nos últimos anos.

O espectacular traçado de Phillip Island é palco da 16ª Jornada do Campeonato do Mundo de MotoGP de 2011 neste fim-de-semana, com Casey Stoner (Repsol Honda) a rumar a casa com o objectivo de replicar a forma que tem apresentado na pista nos últimos tempos. Stoner, que lidera o Campeonato com 40 pontos de margem sobre o Campeão do Mundo Jorge Lorenzo, venceu em casa nos últimos quatro anos e a conquista da quinta vitória consecutiva no Iveco Grande Prémio da Austrália poderá selar a conquista do ceptro de MotoGP dependendo do resultado de Lorenzo.

Lorenzo continua a ser o único piloto com possibilidades matemáticas de travar Stoner. O piloto da Yamaha Factory Racing tem como melhor resultado em Phillip Island um segundo lugar, mas só a vitória o deixará satisfeito enquanto continua a tentar manter vivas as parcas esperanças de revalidar o título conquistado pela primeira vez em 2010.

Andrea Dovizioso mantém o terceiro posto no Campeonato, mas agora com apenas um ponto de margem sobre o companheiro de equipa e vencedor da corrida de Motegi, Dani Pedrosa. Dovizioso nunca esteve no pódio na categoria rainha em Phillip Island, enquanto Pedrosa esteve uma vez (2009) e a dupla vai agora lutar renhidamente nas últimas três jornadas de 2011, cada um deles a tentar ser o segundo melhor piloto da Honda de fábrica.

Ben Spies fez impressionante demonstração enquanto estreante em Phillip Island no ano passado, qualificando-se na primeira linha e terminando nos cinco primeiros e o piloto da Yamaha Factory Racing vai dar tudo para melhorar o seu registo na pista e consolidar o quinto posto na geral. Valentino Rossi (Ducati Team), que fracturou um dedo em queda em Motegi, vai tentar apanhar o americano antes do final da época. Rossi terminou no pódio por 13 vezes nas 14 que já foi a Phillip Island em todas as classes, incluindo cinco triunfos consecutivos na categoria rainha de 2001 a 2005, mas ainda não saboreou a glória na era das 800cc.

O companheiro de equipa do italiano, Nicky Hayden, que testou a GP12 na semana passada em Jerez, vai efectuar o 150ºGP neste fim-de-semana, todos eles na categoria rainha. O Campeão do Mundo de 2006 vai passar a ser o nono piloto na história do desporto a atingir a marca de 150 partidas na categoria rainha.

Marco Simoncelli, que testou o protótipo 1000cc da Honda após o Grande Prémio do Japão, venceu por duas vezes em Phillip Island nas 250cc e foi sexto no ano passado na estreia na pista com a categoria rainha. Em busca de forte final de época, o piloto da San Carlo Honda Gresini vai querer juntar novo pódio ao único que tem até ao momento e que foi conquistado em Brno. Colin Edwards (Monster Yamaha Tech 3) e Hiroshi Aoyama (San Carlo Honda Gresini) completam a actual lista dos dez primeiros.

De regresso à categoria rainha neste fim-de-semana estará Damian Cudlin, o australiano que impressionou com substituto de Loris Capirossi em Motegi. Cudlin vai rodar no lugar de Héctor Barberá na Mapfre Aspar, já que o espanhol foi operado à clavícula direita na quinta-feira em consequência da queda no GP do Japão.

TAGS Australia

Fotos:

Abrir mais notícias

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™