Zarco: “Ainda acredito nas minhas possibilidades”

Quarta, 21 Setembro 2011

Com 36 pontos de diferença para o líder do Campeonato Nico Terol e com apenas quatro corridas por disputar em 2011, o gaulês das 125cc não perde a esperança...

Johann Zarco (Avant-AirAsia-Ajo) continua a lutar forte pelo topo do Campeonato de 125cc nas últimas quatro jornadas de 2011 e o francês ainda acredita que ainda não se esgotaram as possibilidades de lutar pela última coroa de 125cc.

Apesar de estar a 36 pontos do líder e rival Nico Terol, Zarco ainda tem esperança de conquistar a primeira vitória em Grandes Prémios e vai pressionar o espanhol até ao final. Zarco terminou em segundo em seis das últimas corridas, a mais recente delas no passado domingo em Aragón, onde lutar com o companheiro de equipa de Terol, Héctor Faubel, até à última curva, onde o espanhol caiu.

“Ele não queria ir em frente e disse a mim próprio que tinha de rodar ao meu ritmo,” disse Zarco, que evitou cair quando Faubel foi ao chão à sua frente. “No final da corrida a minha ideia era manter um ritmo rápido que levasse o Faubel e ir ao limite e funcionou, ele teve de correr muitos riscos para tentar ficar à minha frente e não o conseguiu fazer.”

Zarco tem por várias vezes ficado perto da primeira vitória nesta época. Ele cruzou a meta em primeiro na Catalunha, mas foi penalizado pela manobra na última curva sobre Terol, vendo-se depois despromovido para sexto, foi batido na Alemanha por Faubel num photo finish e parecia estar a caminho do triunfo em Misano, onde Terol o bateu em cima da linha apesar de ter saído da última curva atrás do francês.

Apesar das suas frustrações, o jovem de 21 anos continua totalmente concentrado e tem no Grande Prémio do Japão a próxima oportunidade de conquistar a fugidia primeira vitória.

“Ainda acredito nas minhas possibilidades,” disse. “Temos sempre de acreditar e o objectivo é vencer corridas. De acordo com o Laurent (Fellon, manager de Zarco), Motegi é um circuito onde o posso bater e vamos fazer tudo para o concretizar.”

“Antes deste ano tive sempre dificuldades em Motegi, mas este ano tenho uma equipa diferente, uma moto diferente, e vou tentar ser rápido desde a primeira sessão de treinos, assinar tempos rápidos e garantir que estou competitivo na corrida,” concluiu Zarco, que chegou a um acordo em Aragón com a JiR para passar para a Moto2 na próxima época.

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™