De Angelis vitorioso em Phillip Island

Moto2™ oferecido por
Domingo, 16 Outubro 2011

Alex de Angelis venceu o Iveco Grande Prémio da Austrália pelo segundo ano consecutivo, depois de uma luta dura com Stefan Bradl, que voltou à liderança do Campeonato com o intermédio do pódio, enquanto Marc Marquéz correu para um brilhante terceiro lugar depois de ter partido do final da grelha.

Depois de uma manhã com chuva e vento, a corrida de Moto2 começou com sol e uma pista seca. O líder do Campeonato, Marquéz (Team CatalunyaCaixa Repsol) arrancou do final da grelha, devido à penalização de um minuto no tempo de qualificação por ter chocado com Ratthapark Wilairot (Thai Honda Singha-SAG) no final da primeira sessão de treinos livres de sexta-feira.

De Angelis, que liderou as três sessões de treinos livres, partiu da pole e logo foi para a frente da corrida, mas no final da primeira volta já Scott Redding (Marc VDS Racing) tinha assumido a liderança, seguido por Pol Espargaró (HP Tuenti Speed Up). Bradl foi para a frente da corrida na volta cinco, permanecendo na liderança à última volta, altura em que De Angelis o ultrapassou, assegurando a sua segunda vitória da temporada.

Depois de uma partida extraordinária da 38ª posição da grelha, Márquez conseguiu chegar ao meio do pelotão. O piloto da Team CatalunyaCaixa Repsol imprimiu um ritmo forte a partir daí, conseguindo na volta dezassete passar Claudio Corti (Italtrans Racing), chegando ao terceiro posto. O italiano deu-lhe luta e os dois acabaram por andar a par até à ultima volta, altura em que o espanhol conseguiu assegurar a terceira posição. O facto de ter ficado no mais baixo do pódio combinado com o segundo lugar de Bradl provocou alterações na classificação do Campeonato, com o alemão a reconquistar a liderança, com três pontos de vantagem para Márquez.

Pol Espargaró (HP Tuenti Speed Up) foi quinto, com Kenan Sofuoglu (Technomag-CIP) em sexto, seguido por Scott Redding (Marc VDS Racing) em sétimo e Andrea Iannone (Speed Master) em oitavo. Mike di Meglio (Tech 3 Racing), que partiu da primeira linha da grelha, e Yuki Takahashi (Gresini Racing) completaram o Top 10.

Thomas Lüthi (Interwetten Paddock Moto2) chegou a estar em 12º, mas depois de disputa com Pol Espargaró acabou por conquistar o 11º posto, à frente de Dominique Aegerter (Technomag-CIP) e Aleix Espargaró (Pons HP 40).

Bradley Smith (Tech 3 Racing) Jordi Torres (Mapfre Aspar), Anthony West (MZ Racing), Mattia Pasini (Ioda Racing Project), Esteve Rabat (Blusens-STX), Jules Cluzel (NGM Forward Racing) e Xavier Simeon (Tech 3 B) tiveram quedas durante a corrida.

Fotos:

Abrir mais notícias

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
MotoGP VIP VILLAGE™