De Puniet: “Estou muito optimista quanto a este novo projecto”

Quarta, 30 Novembro 2011

Randy de Puniet foi hoje alvo de pequena cirurgia antes de mais testes em Janeiro aos comandos da CRT da Aspar Team. Numa entrevista com o motogp.com realizada após o recente teste de Jerez o gaulês descreveu as primeiras impressões com a moto e o que espera da próxima temporada.

Ao cabo de dois dias de testes com a Aspar Team na semana passada em Valência, Randy de Puniet tirou partido do actual período de inactividade para levar a cabo pequena operação antes de voltar aos testes em Janeiro. A operação para remoção de uma placa de titânio e parafusos inseridos na tíbia esquerda em resultado das lesões contraídas no ano passado em Sachsenring foi completada com sucesso na quarta-feira. O piloto aproveitou também para retirar dois parafusos que foram introduzidos no tornozelo esquerdo após queda de motocross em 2009.

Os planos imediatos de De Puniet incluem a recuperação física a 100%, o que levará no mínimo dez dias, pelo que só depois disso poderá voltar aos treinos em meados de Dezembro, ainda antes de mais trabalho de desenvolvimento com a CRT Aprilia com que vai competir na campanha de 2012.

Após o teste de Jerez De Puniet falou com o motogp.com para partilhar os seus pontos de vista em relação à nova montada e projecto de que vai fazer parte em 2012 com as novas 1000cc da categoria rainha.

“Tivemos grandes condições durante os dois dias do teste, fizemos alguns progressos e diverti-me com a moto,” disse o piloto de 30 anos. “Foi uma boa primeira impressão, os dois dias foram encorajadores. Estou contente com os meus tempos e ritmo apresentado, ainda estamos longe dos protótipos, mas creio que podemos estar contentes porque foi o meu primeiro contacto com a moto e está muito longe daquela que vamos ter em Janeiro."

No que toca ao trabalho que tem de ser levado a cabo no futuro e que terá por base o primeiro teste com a moto, De Puniet disse: “O objectivo deste teste era tentar escolher o caminho para construir o chassis e penso que a equipa agora tem uma boa ideia de como seguir em frente. Vamos testar mais em Jerez, em finais de Janeiro, antes de irmos para Sepang com uma moto que ainda não será a definitiva, e, ao mesmo tempo, vamos continuar o desenvolvimento, mas já temos a base para a próxima época.”

“Estou muito contente, será uma nova aventura, novo projecto e vou dar o máximo para ser o mais competitivo possível e para estar o mais perto possível dos protótipos e batê-los sempre que tiver a oportunidade,” acrescentou o gaulês. “Trabalhei com a Aspar em 2005, a minha última vitória num GP foi com esta equipa, que é muito competente. Sei que vão fazer tudo para termos o melhor material e estou muito optimista com este novo projecto.”

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Fotos:

Abrir mais notícias

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™