Stoner esmaga recorde da pole de Motegi

Sábado, 1 Outubro 2011

Casey Stoner qualificou-se na pole para o Grande Prémio do Japão com uns impressionantes 1m45,267s no circuito de Motegi, esmagando o recorde do traçado estabelecido por Lorenzo em 2008 (1m45,543s). Esta é a primeira pole do australiano na pista e a décima da época, um novo recorde no MotoGP.

Os três pilotos da Repsol Honda têm rodado muito forte na pista da marca nipónica e Casey Stoner, Andrea Dovizioso e Dani Pedrosa passaram a parte inicial da qualificação a fazerem alterações à afinação das suas RC212V e a trabalharem com os pneus de corrida.

No final, foi Casey quem terminou na frente, com Andrea Dovizioso em terceiro e Dani Pedrosa em quarto. Dovizioso deu positivos passos em frente e assegurou importante posição na primeira linha da grelha para o Grande Prémio do Japão de amanhã. Ele esteve rápido e consistente com os dois compostos, mas assinou a sua melhor volta com o seu último pneu macio. Enquanto isso, Pedrosa, que foi mais rápido com o composto duro, não consegui fazer funcionar a borracha macia nos últimos minutos da sessão depois ter estado consistentemente entre os três primeiros ao longo do fim-de-semana.

Casey Stoner:
"Até ao momento está tudo a correr muito bem neste fim-de-semana; fomos os mais rápidos em todas as sessões excepto num, o que é fantástico. Testámos diferentes afinações esta tarde e não melhorámos muito, pelo que provavelmente amanhã vamos voltar ao acerto desta manhã. Temos de ver como vai estar o tempo porque isto afecta a afinação; há possibilidade de chover, por isso as coisas podem complicar-se. O Jorge tem rodado de forma fantástica, tal como o Dovi e o Dani, mas não há dúvidas que esta pista é favorável à Honda. Andava ansioso por correr aqui e agora não estou desapontado! Amanhã a corrida vai ser duro, mas a equipa está a trabalhar arduamente e vamos dar o nosso melhor!"

Andrea Dovizioso:
"Estou muito contente por estar na primeira linha aqui em Motegi! Esta tarde voltámos a melhorar em relação à manhã e senti-me muito confiante, em particular nas travagens. Ainda não decidimos que pneu usar amanhã porque estivemos bem com os dois compostos, mas sinto-me optimista para a corrida e para lutar pelo pódio. Estou muito contente com o trabalho evado a cabo pela equipa e a Honda está a funcionar mesmo bem nesta pista. Penso que amanhã vamos ter uma grande corrida!"

Dani Pedrosa:
"A qualificação começou bem para nós, estávamos a rodar com ritmo consistente em preparação para a corrida e tudo parecia estar a ir bem. Mas no final, quando troquei para pneus macios, não consegui fazer a moto funcionar bem, tinha muito menos aderência. Pensei que podia ser um problema com o primeiro pneu, o que me levou a voltar à box para o trocar, mas voltei a sentir o mesmo problema. Estou desapontado por não estar na primeira linha, mas as sensações com os pneus de corrida são boas, o que é positivo. Vamos ter de ver como está o tempo amanhã, se as temperaturas baixarem muito talvez alguns pilotos optem pelos pneus macios, mas tendo em conta as minhas sensações talvez opte pelo duro. A corrida vai ser muito dura com o Stoner, o Dovizioso e talvez o Lorenzo, mas quero lutar até ao final."

Comunicado de imprensa Repsol Honda.

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™