Bradl garante a terceira pole da época no Estoril

Moto2™ oferecido por
moto2 report QP estoril
Sábado, 30 Abril 2011

Stefan Bradl (Viessmann Kiefer Racing) vai partir na frente para a corrida de Moto2 que integra o bwin Grande Prémio de Portugal, a disputar amanhã no circuito Estoril.O piloto alemão bateu Thomas Lüthi (Interwetten Paddock Moto2) nos momentos finais da sessão e  Julián Simón (Mapfre Aspar) vai juntar-se a Bradl e Luthi na primeira linha da grelha.

Bradl conseguiu a sua terceira “pole” depois de ter também sido o mais rápido tanto no Qatar como em Jerez, conseguindo rodar no Estoril em 1’41:591, apenas um centésimo mais rápido do que Luthi, que esteve na frente, quase até ao fim da qualificação. Depois das vitórias no Qatar, Bradl segue em segundo no campeonato e parte confiante para a corrida do Estoril, onde venceu em 2010.

Lüthi partiu sempre da primera linha ésta época, repetindo o feito no Estoril. O suíço apenas tem um pódio na pista do Estoril, conseguida com o 3º lugar na corrida de 125cc em 2005, na sua caminhada para o Campeonato Mundial de Pilotos. Julián Simón (Mapfre Aspar) cujo melhor resultado numa qualificação esta época é, até este momento, um sexto lugar em Losail, consegue aqui o terceiro posto absoluto á partida para a corrida de Moto2, na pista do Estoril.

Na frente da segunda linha para amanhã, colocou-se Marc Márquez (Team CatalunyaCaixa Repsol) que registou o segundo tempo na corrida de estreia no Qatar. Dominique Aegerter (Technomag-CIP) conseguiu aqui a sua melhor marca numa qualificação de Moto2, colocando-se na quinta posição, isto apesar de não ter conseguido evitar uma queda no final da sessão. Michele Pirro (Gresini Racing Moto2) também na sua época de estreia, vai partir da segunda linha, no sexto lugar.

Yuki Takahashi (Gresini Racing) o mais rápido nos treinos realizados sexta-feira, não conseguiu fazer melhor na qualificação de sábado, ocupando por isso o primeiro lugar da terceira fila. Kenan Sofuoglu (Technomag-CIP) foi o oitavo mais rápido, á frente de Jules Cluzel (Forward Racing) e a encerrar os dez melhores, colocou-se Pol Espargaró (HP Tuenti Speed Up). O espanhol caíu durante a qualificação mas felizmente conseguiu concluir a sessão sem problemas.

Houve muitos incidentes na qualificação da categoria Moto2, mercê de lutas muito intensas entre grande parte dos pilotos; Alex de Angelis (JiR Moto2), Claudio Corti (Italtrans Racing), Yonny Hernández (Blusens-STX) e Ratthapark Wilairot (Thai Honda Singha-SAG) constituem a longa lista dos que sofreram quedas durante os 45 minutos da qualificação.

O melhor britânico foi Scott Redding (Marc VDS Racing) que terminou a corrida do ano passado em quarto. Redding vai partir de 13º , dois lugares á frente de Bradley Smith (Tech 3). Kev Coghlan (Team Aeroport de Castelló) depois do seu oitavo lugar ekm Jerez, foi desta feita apenas 37º.A última vez que dois pilotos britânicos terminaram entre os oito primeiros nesta classe, foi no Grande Prémio de Itália de 2009.

Andrea Iannone (Speed Master) o actual líder do campeonato não foi além do 14º lugar. Anthony West (MZ Racing) teve uma saída violent e vai partir de 29º, dois lugares antes do americano Kenny Noyes (Avintia-STX).

A distância entre os 28 primeiros pilotos não ultrapassou os dois segundos.

TAGS Portugal

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™