Takahashi liderou na pista molhada em Moto2

Moto2™ oferecido por
moto2 report estoril FP2
Sexta, 29 Abril 2011

Com a chuva a marcar presença na segunda sessão de treinos livres de Moto2, o japonês Yuki Takahashi da Gresini Racing foi de novo o mais rápido na categoria, á frente de Ricky Cardús (QMMF Racing Team) e Michele Pirro (Gresini Racing Moto2).

A chuva começou a cair imediatamente depois de do final do segundo treino livre do MotoGP e isso significou que tudo se passou de uma forma calma, com muitos pilotos a decidirem ficar muito tempo nas boxes, guardando ao máximo os seus pneus de chuva. Os tempos realizados foram no geral nove segundos mais lentos do que na primeira sessão e apareceram alguns nomes diferentes entre os dez melhores. Foram vinte os pilotos que conseguiram realizar um tempo cronometrado.

A equipa Moriwaki conseguiu os três melhores tempos desta segunda sessão e foi Takahashi quem provou ser novamente o homem a bater, realizando o melhor crono, tal como tinha acontecido com a pista seca. O piloto da Gresini nunca terminou nos cinco primeiros nas suas anteriores deslocações ao Estoril e já declarou estar a correr em memória dio irmão que faleceu recentemente. Conseguiu realizar 1’51:606 e foi 0.354s mais rápido do que o seu concorrente mais directo.

Ricky Cardús (QMMF Racing Team) 11º no primeiro treino livre desta manhã, conseguiu liderar a tabela de tempos quase até final, mas foi depois ultrapassado por Takahashi. O piloto de 23 anos, está na sua terceira corrida de Moto2 e foi por pouco que não conseguiu ficar no topo da classificação, pois teve um ligeiro acidente na curva seis, que o impediu de tentar lutar com o japonês, para manter-se na frente.

Michele Pirro (Gresini Racing Moto2) também ele um estreante nesta categoria, tentou tudo no final, mas apenas conseguiu subir a terceiro, depois do quinto tempo conseguido na sessão matinal

Os primeiros colocados do campeonato de Moto2 Andrea Iannone (Speed Master) e Thomas Lüthi (Interwetten Paddock Moto2) não tentaram sequer realizar uma volta rápida, fazendo parte dos pilotos que decidiu ficar nas boxes.

Bradley Smith (Tech 3)que terminou terceiro no Estoril, nos últimos dois anos nesta categoria de 125 cc, foi o quarto mais rápido, á frente de Marc Márquez (Team CatalunyaCaixa Repsol) que ganhou a corrida em 2010. Randy Krummenacher (GP Team Switzerland Kiefer Racing) aos comandos da Kalexfoi sexto neste seu ano de estreia na categoria Moto2.

A completar o top ten ficaram Xavier Simeon (Tech 3 B), Raffaele De Rosa (G22 Racing Team) e o espanhol Javier Forés (Mapfre Aspar). O britânico Scott Redding (Marc VDS Racing) foi décimo, ele que ficou na quarta posição da corrida de Moto2, na época passada.

TAGS Portugal

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
MotoGP VIP VILLAGE™