Bradl na frente após forte luta de FP2 em França

Moto2™ oferecido por
moto2 report france FP2
Sexta, 13 Maio 2011

Numa segunda sessão de livres muito disputada foi Stefan Bradl (Viessmann Kiefer Racing) quem levou a melhor esta tarde com vista ao Monster Energy Grand Prix de France, tal como havia feito de manhã. Thomas Lüthi (Interwetten Paddock Moto2) foi segundo, à frente de Simone Corsi (Ioda Racing Project).

O germânico apresentou um tempo canhão de última hora para assinar a primeira posição da tabela de tempos de FP2 com 1m38,709s, quase três décimos mais rápido que Lüthi e quatro décimos mais lesto que a sua própria melhor marca da manhã. Se Bradl conquistar a pole na tarde de amanhã será a sua quarta consecutiva este ano.

 

Lüthi, que caiu nos momentos finais de FP1, foi o rival mais próximo de Bradl, isto enquanto Simone Corsi (Ioda Racing Project), terceiro de Moto2 no ano passado em Le Mans, ficou com a terceira posição da tarde depois de ter liderado a sessão até aos momentos finais. Contudo, o piloto terminou com meio segundo de diferença para o melhor registo.

 

Jules Cluzel (Forward Racing) foi o primeiro de um grupo de 18 pilotos que ficou separado por apenas um segundo. O piloto da Suter assinou a quarta marca, à frente de Andrea Iannone (Speed Master), que de manhã tinha sido 11º. Atrás do italiano ficou Marc Márquez (Team CatalunyaCaixa Repsol).

 

Alex de Angelis (JiR Moto2) seguiu-se na ordem de tempos da tarde, com o oitavo registo a ser assinado por Yuki Takahashi (Gresini Racing), que se estreou a vencer Grandes Prémios em Le Mans, na corrida de 250cc de 2006.

 

Aleix Espargaró (Pons HP 40) e Julián Simón (Mapfre Aspar) fecharam a lista dos dez primeiros, isto enquanto Scott Redding (Marc VDS Racing) apanhou um susto nos momentos iniciais do treino, mas conseguiu manter o controlo da sua montada após incursão pela gravilha. O jovem de 18 terminou em 11º, três posições à frente de Bradley Smith (Tech 3).

 

Valentin Debise (Speed Up) teve uma saída de pista na Curva 7, mas logrou continuar o trabalho. O gaulês mostrou ainda o seu descontentamento com Simón por achar que este o travou em pista. Acusações que contaram com a mesma resposta por parte do espanhol, com ambos a acenarem com as mãos!

 

Apenas dois pilotos não conseguiram melhorar os tempos face ao primeiro treino: Michele Pirro (Gresini Racing Moto2) e Ricky Cardús (QMMF Racing Team).

TAGS France

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
MotoGP VIP VILLAGE™