Stoner conquista Brno

Domingo, 14 Agosto 2011

O piloto da Repsol Honda assumiu o controlo da corrida no Cardion ab Grande Prémio da República Checa, com Dovizioso a terminar em segundo e Simoncelli a estrear-se no pódio da categoria rainha.

Casey Stoner assinou a sexta vitória da época perante 155.400 espectadores na corrida deste domingo em Brno, dilatando a vantagem na frente da classificação para 32 pontos sobre Jorge Lorenzo (Yamaha Factory Racing).

Dani Pedrosa (Repsol Honda) partiu muito bem daquela que foi a sua primeira pole da época, mas viu depois Lorenzo assumir a liderança na segunda volta. Contudo, o espanhol da Repsol Honda tirou partido de um susto do compatriota para regressar ao primeiro posto, com Stoner a seguir o exemplo e a passar para segundo. No entanto, Pedrosa esteve pouco tempo na frente, sofrendo queda que o o obrigou a desistir e que colocou o australiano à cabeça do pelotão.

Enquanto Stoner dilatava a vantagem na frente Lorenzo via-se alvo dos ataques de Andrea Dovizioso (Repsol Honda), que acabaria por ultrapassar o Campeão do Mundo e reclamar a segunda posição. Depois foi a vez de Marco Simoncelli (San Carlo Honda Gresini Team) apanhar Lorenzo e ultrapassá-lo para assumir o terceiro posto, posição que manteve até ao final para assinar o primeiro pódio da carreira de MotoGP.

Ben Spies (Yamaha Factory Racing) também começou a ganhar terreno a Lorenzo e forma gradual, mas o americano não encontrou os argumentos necessários para passar o companheiro de equipa e reclamar a quarta posição, tendo de se contentar com o quinto posto final.

Valentino Rossi foi o melhor entre os homens da Ducati Team ao terminar a corrida em sexto depois de ter garantido a melhor qualificação da época no sábado. O companheiro de equipa do italiano, Nicky Hayden, foi quem se seguiu na ordem ao cruzar a meta em sétimo, à frente de Colin Edwards (Monster Yamaha Tech 3), Hiroshi Aoyama (San Carlo Honda Gresini) e Héctor Barberá (Mapfre Aspar), que fechou a lista dos dez primeiros.

Cal Crutchlow foi ao chão na Curva 11, o que resultou na quarta desistência da temporada para o estreante britânico. Karel Abraham (Cardion AB Motoracing) também sofreu queda, se bem que logrou voltar à pista, mas acabou mesmo por ter de abandonar mais tarde com problemas mecânicos. Álvaro Bautista (Rizla Suzuki) foi o outro nome a engrossar a lista de desistências; o espanhol sofreu queda quando tentava passar Rossi para chegar a sexto.

Fotos:

Abrir mais notícias

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
MotoGP VIP VILLAGE™