Pilotos preparam-se para a corrida… no mar

Quinta, 28 Abril 2011

Miguel Oliveira, Karel Abraham e Julián Simón rumaram ás águas portuguesas para uma viagem de barco, num pré-evento animado deste bwin Grande Prémio de Portugal.

Miguel Oliveira (Team Andalucía Banca Cívica), Julián Simón (Mapfre Aspar) e Karel Abraham (Cardion ab Motoracing) marcaram presença na Câmara Municipal de Cascais, para um encontro com Carlos Carreiras, o presidente da edilidade, seguida por uma Conferência de Imprensa. Nesta, discutiram-se as expectativas de cada um dos pilotos para esta Terceira prova do Campeonato do Mundo, após o que os três puderam apreciar o magnífico sol português, a bordo de um barco de pesca, juntamente com jornalistas e fotógrafos.

O piloto local Miguel Oliveira, está na sua primeira época de 125 cc e será certamente uma das atracções do bwin Grande Prémio de Portugal e de todos os fãs presentes no Estoril. A nova estrela nacional terminou em décimo na prova de estreia no Qatar, mas caiu na corrida á chuva de Jerez. “Não tenho quaisquer pressões para esta corrida. É o meu primeiro ano nesta categoria, pelo que nem sequer compreendo porque é que muita gente me quer ver no pódio. Talvez seja possível e asseguro que farei o meu máximo para tentar não os desapontar.”

Julian Simón, piloto da equipa Mapfre Aspar, conseguiu terminar entre os dez primeiros nas duas primeiras corridas da época, sendo nesta altura sétimo classificado na Moto2. Até este momento a sua melhor classificação no Circuito Estoril, foi um quinto lugar em 125cc no ano 2006, pelo que só lhe resta tentar fazer melhor este ano. Com as previsões de tempo instável para o fim de semana, o piloto de Suter, anseia por uma corrida de pista seca. “Tenho muitas esperanças numa boa classificação neste Grande Prémio, mas se possível, gostaria que a pista estivesse seca. A minha meta é conseguir um pódio,” concluiu Simón.

O piloto checo de MotoGP, Karel Abraham, espera conseguir uma corrida calma, sem incidents, depois de falhar os seus objectives na corrida de Jerez. Depois de um despiste em condições de pista molhada, recuperou até ao sétimo posto. O piloto que se estreia no MotoGP, afirma que tanto ele como a equipa - Cardion ab Motoracing – tem que continuar a tentar progredir e quanto a ele, tem que tentar evitar cair de novo, ”Temos que continuar a trabalhar com muito afinco e tentar não cair de novo, como aconteceu este ano em Jerez e no ano passado no Estoril” – admitiu o piloto.

Fotos:

Abrir mais notícias

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™