Teste privado das CRTs termina em Aragón

Sexta, 9 Março 2012

O segundo dia de testes terminou com condições climatéricas bem melhoras que as de ontem. Os pilotos das formações CRT presentes tiveram a oportunidade de recuperar o tempo perdido na quinta-feira devido ao forte vento, com duas equipas espanholas e uma inglesa a rodarem em pistas.

O segundo e último dia do teste privado das CRT foi mais produtivo, com a acção a ir para a pista do circuito MotorLand depois de ontem as equipas se terem visto impossibilitadas de trabalhar devido ao forte vento que se fez sentir.

Durante a manhã o primeiro a ir para a pista para avaliar as condições do piso foi Yonny Hernandez, da Avintia Racing, seguido pouco depois pelo companheiro de equipa Ivan Silva. Ambos fizeram tiradas de cerca de dez voltas para testarem as sensações do protótipo BQR-FTR.

Por volta das 13 horas locais Aleix Espargaró (Power Electronics Aspar) foi para a pista, mas completou apenas três voltas antes de considerar as condições da pista pouco favoráveis para a formação levar a cabo o trabalho previsto para este teste, adiando o trabalho para depois do almoço. Espargaró e o companheiro de equipa Randy De Puniet completaram poucas voltas de tarde com o gaulês a focar-se na melhoria da geometria da nova ART, enquanto o espanhol fez várias simulações de partida.

Quem também rodou durante a tarde foi a dupla da Avintia Racing, com Silva a completar o teste com um tempo (segundo a equipa) de 1m53,373s, enquanto o colombiano Hernandez terá rodado em 1m53,588s. O único piloto ausente das últimas horas do teste foi o britânico James Ellison (Paul Bird Motorsport) devido a queda sofrida pouco antes da hora de almoço.

O próximo ensaio é o Teste Oficial de MotoGP de Jerez, dentro de duas semanas, seguindo-se depois o início da época com o GP nocturno do Qatar.

TAGS 2012

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™