Estrelas do MotoGP™ juntam-se na conferência de imprensa pré-Catalunha

Quinta, 31 Maio 2012

A conferência de imprensa de pré-evento da quinta jornada do Campeonato do Mundo de MotoGP™, o Gran Premi Aperol de Catalunya, desta quinta-feira contou com a presença do líder do mundial Jorge Lorenzo, Dani Pedrosa, Valentino Rossi, Stefan Bradl e Yonny Hernandez.

Lorenzo, da Yamaha Factory Racing, ainda tem fresca na memória a vitória dominadora conseguida em Le Mans e que lhe valeu a liderança no Campeonato dom oito pontos de vantagem. O circuito da Catalunha já foi palco de sucessos para o espanhol no passado, onde assinou um vitória e dois segundos lugares nos últimos três anos. Ele comentou: “Chego aqui em boa forma. Estou muito contente e muito motivado. É a minha corrida em casa. Sou de Maiorca, mas há muito que vivo em Barcelona. É também uma pista onde tive grandes resultados no passado. Creio que pode ser uma boa pista para a Yamaha 1000cc. Espero que tenhamos um fim-de-semana com boas condições climatéricas, mas se chover também estaremos bem.”

“Tem sido [uma época] muito dura e com muita competitividade, especialmente no grupo da frente com o Casey [Stoner] e o Dani. As corridas têm um ritmo muito forte e são fisicamente exigentes. Não podemos deixar de estar concentrados para estarmos na frente, temos de estar sempre ao limite e, é claro, não cair. Fazer sempre isto é difícil, mas estou um pouco mais velho e experiente que nos anos anteriores, o que me deverá facilitar as coisas.”

Dani Pedrosa, da Repsol Honda Team, que falhou a jornada do ano passado devido a fractura na clavícula, vai tentar reduzir a diferença para o companheiro de equipa Casey Stoner e para Lorenzo com um triunfo em casa. Ele disse: “Estou contente por estar aqui. Tem sido um grande início de época, mesmo com a última corrida a não ter sido muito boa. No ano passado falhei esta prova e tive de ver tudo na TV, o que não é das melhores sensações. Já venci aqui nas três categorias e estou apostado num bom resultado. É uma pista complicada, especialmente para a moto e pneus; é preciso termos boa afinação de base aqui. Como o Jorge disse, é importante manter um ritmo forte e estar sempre nos limites.”

Valentino Rossi, da Ducati Team, que efectuou um teste privado em Mugello há muito pouco tempo, afirmou que encontrar o ritmo no seco é o principal objectivo da formação italiana para este fim-de-semana: “Estivemos em Mugello na semana passada e tivemos muita sorte com o tempo. Testámos algumas coisas novas para tentarmos melhorar a nossa velocidade e prestação no seco. Ensaiámos um braço oscilante diferente e alguns melhoramentos do sistema electrónico em aceleração. Para compreendermos se demos, ou não, um passo em frente teremos de esperar até amanhã. Sabemos que somos rápidos no molhado, mas o nosso objectivo é sermos rápidos no seco. É uma das minhas três pistas preferidas de toda a época. Adoro correr aqui e adoro a atmosfera com os fãs.”

Stefan Bradl, da LCR Honda MotoGP, que assinou o melhor resultado na categoria rainha com o quinto posto em França, vai tentar continuar a progredir. “Quando vimos para uma pista onde não testámos a sexta-feira é sempre muito complicada para mim porque só tenho as referências do ano passado da Moto2™. Tenho de adaptar um pouco as coisas e tentar juntar tudo, mas gosto muito desta pista. É mesmo boa para uma máquina de MotoGP. Esperamos ter bom tempo neste fim-de-semana.”

Yonny Hérnandez, da Avintia Blusens, o primeiro colombiano a somar pontos na classe de MotoGP, quer apresentar solida prestação na casa da equipa. “Para mim é como uma corrida em casa porque a minha equipa é daqui. Sinto-me muito bem nesta pista e espero fazer uma boa corrida e conseguir um bom resultado para mim, para a formação e para a minha família. Vou dar o meu melhor. Partilhar esta pista com Valentino, Lorenzo e Pedrosa é como um sonho para mim.”

Perto do final da conferência de imprensa, quando ambos Lorenzo e Pedrosa foram questionados sobre o que agora para ser uma amizade entre ambos, algo muito diferente do passado, Lorenzo brincou: “Em 2003 éramos inimigos, em 2005 ainda mais e em 2008 mais ainda. Agora podemos abraçar-nos [após a corrida do Qatar]... talvez nos casemos dentro de três anos.”

Fotos:

Abrir mais notícias

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™