Primeiro dia de testes privados em Jerez

First day of private testing in Jerez
Segunda, 20 Fevereiro 2012

Com a primeira ronda de 2012 do MotoGP™ a apenas seis semanas de distância, várias equipas CRT do MotoGP partilharam hoje o circuito de Jerez num teste privado que tem continuidade até quarta-feira.

O Circuito de Jerez recebeu nesta segunda-feira o primeiro de três dias de testes privados com a presença de vários pilotos CRT (Claiming Rule Team) aos comandos da motos que vão estrear no Campeonato do Mundo de MotoGP desta época, incluindo o primeiro contacto de Danilo Petrucci com o protótipo da Ioda Racing.

Os pilotos da Power Electronics Aspar Team, Alex Espargaró e Randy de Puniet, marcaram presença para o segundo ensaio da ART (Aprilia Racing Technology), focando-se nos novos quadro e braço oscilante e testando pela primeira vez os travões de carbono. De Puniet revelou-se contente por estar a testar em pista com a presença de outras equipas CRT, assim como com a companhia de Abraham e Barbara, estes dois aos comandos das suas máquinas satélite. Uma situação que permite avaliar em que ponto está a equipa e que levou o piloto a dizer: "Hoje trabalhámos na suspensão e também na electrónica. Estou um pouco aborrecido por não ter sido tão rápido como em Novembro quando estive aqui a testar. Por outro lado, não estou preocupado porque ainda temos dois dias completos de trabalho pela frente. Vamos analisar a informação obtida neste primeiro dia para vermos onde podemos melhorar amanhã."

Enquanto isso, o companheiro de equipa Espargaró terminou o dia mais cedo por não se sentir bem. "Esta manhã lutei um pouco para entrar no meu ritmo aqui em Jerez, uma pista mais rápida que a de Valência. Com o passar do dia comecei a sentir-me muito mal e a ter dificuldades em concentrar-me. Conseguimos mudar alguns aspectos do chassis, mas decidi terminar o dia mais cedo. Agora compreendo por que é que não me sentia confortável na moto. Decidi voltar ao hotel, deitar-me e descansar até amanhã."

Mattia Pasini completou o primeiro dia do segundo teste a sete décimos de segundo de Espargaró enquanto continua a adaptação à ART CRT da Speed Master Team.

Hoje foi o primeiro teste de Danilo Petrucci aos comandos do seu protótipo CRT da Ioda Racing em preparação para a sua estreia no Campeonato do Mundo. O italiano testou quadros da Ioda e da Aprilia, assinando a sua melhor volta com o chassis Ioda.

A equipa de testes da Ducati também esteve em pista com Franco Battaini a trabalhar no desenvolvimento da electrónica da GP12, se bem que o teste foi levado a cabo numa versão mais antiga da Ducati já que a moto de fábrica não esteve presente no traçado. Battaini também fez algumas voltas com a GP12 satélite naquilo que foi um shakedown para Karel Abraham, que vai trabalhar amanhã. Nicky Hayden esperava poder participar neste testa, mas a operação ao ombro de que foi alvo no início do mês impossibilitou-o de estar em Espanha para rodar, mas o americano espera estar pronto a tempo do Teste Oficial da Malásia.

A Paul Bird Motorsport fez-se representar por James Ellison, mas ao ter recebido a moto apenas esta manhã a equipa optou por passar o dia a trabalhar numa afinação base e Ellison não foi para a pista. O britânico terá o primeiro contacto com a moto ART amanhã.

Terça-feira verá também Karel Abraham, da CardionAB Motoracing, juntar-se aos demais pilotos, com Hector Barbera, da Pramac Racing, a rodar na quarta-feira, último dia do teste privado.

Tempos oficiosos de segunda-feira (fornecidos pelas equipas):

MotoGP (CRT)
1. Randy De Puniet, ART 1’41.6 (57 voltas)
2. Aleix Espargaró, ART 1’42.6 (47 voltas)
3. Mattia Pasini, ART 1’43.3 (43 voltas)
4. Danilo Petrucci, IODA 1'43.3 (43 voltas)

TAGS 2012

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™