Regulamentos MotoGP™ – Decisão da Comissão de Grandes Prémios

Sábado, 10 Novembro 2012

A Comissão de Grandes Prémios, composta por Carmelo Ezpeleta (Presidente da Dorna), Ignacio Verneda (Director Executivo da FIM, Desporto), Herve Poncharal (IRTA) e Takanao Tsubouchi (MSMA) na presença de Javier Alonso (Dorna) e Mike Trimby (IRTA, Secretário da reunião), num encontro levado a cabo a 10 de Novembro de 2012 em Valência, decidiu o seguinte:

 

Regulamentos Desportivos
 
Efeito imediato:
 
As equipas e seus pilotos contratados ou nomeados tornam-se alvo de todos os regulamentos com efeito a partir do início da “época”. A época é definida como tendo início no dia após a última corrida da temporada anterior. O efeito desta alteração é que todas as equipas e pilotos contratados estão limitados às mesmas restrições.
 
No caso de uma corrida interrompida, então a penalização de partir do pit lane que tenha sido imposta a um piloto para a primeira partida para a corrida será substituída por uma penalização de partida da última posição da grelha sempre que a primeira parte da corrida tenha representado mais que 50% da distância original da prova.
 
É cancelada a dispensa de permitir os pilotos “Estreantes” da classe de MotoGP de participarem num teste de três dias durante Novembro/Dezembro.
 
A penalização por excesso de velocidade no pit lane foi aumentada de 70.000€ para 150.000€. Contudo, as penalizações subsequentes no mesmo evento serão também de 150.000€ ao invés da anterior penalização de 370.000€.
 
Mais detalhes sobre as alterações ao regulamento desportivo foram aprovadas, mas a publicação das mesmas será adiada até depois da próxima reunião da Comissão de Grandes Prémios a 13 de Dezembro.
 
Regulamentos Técnicos
 
Efeito a partir de 1 de Janeiro de 2013:
 
Classe de MotoGP
 
O número máximo de motores que podem ser usados numa época está limitados a:
- Máquinas de construtores MSMA (Máximo quatro por construtor) 5 motores*
*(texto editado a 12/02/2013)
 
Efeito a partir de 1 de Janeiro de 2014:
 
Classe de MotoGP
 
A utilização da ECU e registador de dados fornecidos pelo organizador do Campeonato é obrigatória.
 
Construtores da MSMA, que forneçam máquinas a um máximo de quatro entradas por construtor, utilizarão o seu próprio software, mas neste caso estão sujeitos a um limite máximo de 20 litros de capacidade do depósito de combustível.
 
Todas as outras máquinas têm de usar a ECU, registador de dados e software fornecido pelo organizador do Campeonato e estas máquinas podem ter uma capacidade máxima do depósito de combustível de 24 litros.
 
O número máximo de motores que podem ser usados numa época está limitados a:
 Máquinas de construtores mantêm MSMA (Máximo quatro por construtor) 5 motores
 Construtores MSMA na sua primeira época de participação 9 motores
-  Todas as outras entradas 12 motores
 
Os motores são selados para todas as corridas da mesma época.
 
Além das alterações com efeito a partir de 2014, o diâmetro e percurso são congelados por um período de três anos de 2013 a 2015.
 
Nota importante: As alterações acima aos regulamentos estão sujeitas a satisfatória conclusão das negociações que decorrem entre a FIM, Dorna e os Construtores no que toca ao fornecimento de máquinas e motores para serem usados por outras equipas em 2014. Contratos de fornecimento destas máquinas, motores, peças e apoio técnico têm de ser concluídos entre a Dorna e os Construtores antes do primeiro evento de 2013. Só então as alterações ao regulamento técnico serão finalmente adoptadas.
 
Classe de Moto2
 
Efeito imediato:
 
O peso mínimo para esta classe será agora de 215 kg, sendo o peso combinado da máquina e do piloto, incluindo o equipamento de protecção do piloto, na moto, câmara, etc. Pode ser acrescentado lastro para se chegar ao peso mínimo.
 
Mais detalhes sobre as alterações ao regulamento técnico foram aprovas, mas a publicação das mesmas será adiada até depois da próxima reunião da Comissão de Grandes Prémios a 13 de Dezembro.
 
Melhor Grande Prémio
 
A IRTA concordou que o Melhor Grande Prémio, anteriormente decidido exclusivamente por membros da IRTA deve passar a ser nomeado pela Comissão de Grandes Prémios representando todos os envolvidos no Campeonato. A Comissção decidiu confirmar o GP da Malásia, em Sepang, como o Melhor Grande Prémio de 2012.
TAGS 2012

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Fotos:

Abrir mais notícias

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™