Bautista termina em sexto, Pirro tem problemas de electrónica

Segunda, 30 Abril 2012

Álvaro Bautista melhorou o resultado do Qatar em uma posição no passado domingo ao terminar em sexto em casa, no Grande Prémio bwin de Espanha, no final de um fim-de-semana complicado.

As condições climatéricas estranhas afectaram o trabalho das equipas e pilotos desde a primeira sessão de treinos de sexta-feira, mas para Bautista este resultado foi uma importante base para futuros desenvolvimentos numa altura em que a competição ruma ao Estoril em menos de uma semana. Foi também uma forma positiva de celebrar o 150º Grande Prémio. Já Michelo Pirro debateu-se com vários problemas, contudo a electrónica acabou por o obrigar a desistir a seta voltas do final.

Alvaro Bautista (6º)
 

“Foi um fim-de-semana difícil por causa do tempo, mas acabámos por ter condições de piso seco para a corrida, isto apesar de algumas zonas molhadas na pista. Foi muito importante ser paciente nas primeira voltas, mas talvez tenha sido demasiado cauteloso nas primeiras voltas e não consegui entrar na luta da frente. Assim que que me senti confortável com as condições da pista consegui passar o Bradl e o Hayden, mas o Dovizioso, Pedrosa e Crutchlow já estavam muito longe nessa altura e tive de defender a posição.”

Michele Pirro (DNF)

“O nosso sonho desfez-se como neve ao sol. Estava a caminho dos meus primeiros pontos de MotoGP quando fiquei sem sorte e um problema electrónico me obrigou a desistir. É mais um irritante problema para este novo projecto, mas demos um passo em frente aqui e se continuarmos a trabalhar arduamente como temos feito não demoraremos muito a atingir as nossas metas.”

Fausto Gresini, Patrão da Equipa

“O Álvaro fez uma boa corrida num fim-de-semana muito complicado por causa do tempo. Lutámos um pouco no início, mas depois da queda dele no sábado foi importante ficar em cima da moto nas primeiras voltas e garantir o resultado que esperávamos. Se ele tivesse sido mais incisivo nas primeiras voltas talvez tivesse lutado com o Dovizioso, mas o que importa é que ele rodou bem e estamos contentes porque estamos numa curva ascendente. Foi uma pena com a moto CRT porque o Michele não pôde somar pontos devido a problema electrónico, mas foi bom vê-lo a lutar nos pontos e teria sido ainda melhor vê-lo a cruzar a meta.”

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Fotos:

Abrir mais notícias

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™