GP de Inglaterra de MotoGP™: Análise da Bridgestone com Shinji Aoki

Quarta, 20 Junho 2012

Perguntas e respostas com Shinji Aoki – Manager, Departamento de Desenvolvimento de Pneus Desportivos Bridgestone.

Pela primeira vez, os pilotos tiveram disponível mais que um composto frontal da nova especificação de pneu slick em Silverstone. Qual foi a opção de composto preferida para a corrida?

“A nova especificação de slick frontal foi desenvolvido para melhorar as sensações dos pilotos e prestação de aquecimento e estas características fora bem recebidas pelos pilotos nas instáveis condições que tivemos em Silverstone.”

“Apesar do slick frontal mais duro ter sido a opção preferida durante o fim-de-semana de corrida, talvez devido à sua ligeira vantagem na estabilidade em travagem, ambas as opções do slick frontal apresentaram boa prestação em Silverstone e sei dos 20 pilotos que alinharam na corrida de domingo optaram pelo slick frontal macio, incluindo Casey Stoner, da Repsol Honda, que ficou em segundo a 3s do vencedor Jorge Lorenzo. Também foi positivo ver os dois pilotos da Repsol Honda no pódio em Sivlerstone porque esta foi a primeira vez que usaram a nova especificação do slick frontal em corrida.”

As condições climatéricas durante grande parte do fim-de-semana foram severas. Como é que isto afectou a prestação do pneu?

“As condições verificadas em Silverstone este fim-de-semana foram previstas pela Bridgestone, daí a nossa decisão de rever os compostos dos nossos slick traseiros e oferecer slicks frontais de compostos macio e médio para maximizar a prestação de aquecimento.”

“As temperaturas da pista durante algumas das sessões de MotoGP foram da ordem dos 14ºC, mas os nossas dados indicam que tanto os pneus frontais como traseiros não demoraram a atingir a janela de temperatura de funcionamento, pelo que os compostos escolhidos fizeram o seu trabalho. Houve uma chuva fraca antes do início da corrida, mas a capacidade dos nossos pneus de 2012 chegarem rapidamente à temperatura permitiu aos pilotos rodarem a bom ritmo desde a primeira volta.”

Parece que quase todos os pilotos optaram pelo slick traseiro macio para a corrida, quais foram os factores que levaram a essa escolha?

“Começou a chover um pouco quando as motos foram para a grelha antes da corrida e era difícil dizer se iria continuar assim durante a corrida. Isto fez com muitos pilotos decidirem trocar para o composto traseiro mais macio quase em cima da partida uma vez que este daria melhor aderência caso as condições piorassem, se bem que isto é conseguido um pouco a custo da durabilidade.”

“Apesar do composto traseiro mais duro ter uma borracha mais durável no ombro esquerdo, o desgaste do composto mais macio esteve bem dentro do aceitável e os tempos por volta de muitos pilotos variaram ao longo da corrida, ao invés de se tornarem lentos de forma constante. Isto sugere que apesar de alguns pilotos terem sentido a degradação do pneu, os níveis de aderência mudaram de forma previsível e foram muitos os pilotos que conseguiram adaptar o seu estilo de pilotagem para responderem a isto.”

Compostos de slicks Bridgestone disponíveis:
Frontal: Macio, Médio
Traseiro: Macio-médio, Médio (Assimétrico)

Compostos de pneus de chuva Bridgestone disponíveis:
Macio (Principal), Duro (Alternativo)

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Fotos:

Abrir mais notícias

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
MotoGP VIP VILLAGE™