Um Crutchlow confiante dispara para a primeira fila no Estoril

Sábado, 5 Maio 2012

Hoje, Cal Crutchlow, piloto da Monster Yamaha Tech 3 Team, garantiu a segunda partida, em três possíveis, da primeira linha grelha no que foi uma brilhante qualificação no Estoril, terceira jornada do Campeonato do Mundo de MotoGP™ de 2012.

Crutchlow nunca esteve abaixo do quarto lugar em 2012, e mais uma vez lutou pela pole position nos emocionantes momentos finais de uma sessão em que a bandeira vermelha foi mostrada a 11 minutos do fim, na sequência de uma colisão entre Randy de Puniet e Colin Edwards, ex-piloto da Tech 3 Yamaha.

 

O pequeno atraso não afastou Crutchlow do seu caminho. Faltavam cinco minutos quando disparou para o topo da tabela com uma volta de 1m37,289.  Este registo manteve Crutchlow no princípio da classificação até faltarem dois minutos para o final. No fim, estava a apenas 0,101s atrás de Stoner e a 0,088s de Pedrosa.

Amanhã, Andrea Dovizioso começará a corrida na frente da terceira linha da grelha, tendo feito o sétimo tempo mais rápido. O italiano ficou desapontado com o tempo feito nos decisivos momentos finais da sessão com os pneus macios Bridgestone.

Cal Crutchlow, 3º, 1m37,289s, 28 voltas:

“Voltar à primeira linha é um grande feito para a Monster Yamaha Tech 3 Team, uma recompensa pelo nosso trabalho árduo. Também estou muito feliz por ser o mais rápido da Yamaha porque isso mostra o bom trabalho que todos estamos a desenvolver. Na verdade, ia arrancar a minha melhor volta quando me atrasei no último sector, mas mesmo assim foi suficientemente boa para ficar nos três primeiros. Fiquei contente, mas ainda temos de melhorar a mota um pouco mais para a corrida. Queria que melhorasse nas curvas e na travagem.”

Andrea Dovizioso, 7º, 1m37,943s, 29 voltas:

“Estou muito aborrecido por me ter qualificado tão baixo, em sétimo, porque podia ter feito muito melhor. É sempre difícil começar da terceira linha da grelha, mas espero que a minha posição de partida não me prejudique o arranque. Uma boa partida é crucial, mas estou muito satisfeito com o meu ritmo com pneus duros. Fui o terceiro mais rápido em pneus duros, a dois décimos de Lorenzo, pelo que penso que o meu ritmo na corrida será muito competitivo.”

Press release Monster Yamaha Tech 3.

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™