Lorenzo de volto ao topo em Le Mans

Domingo, 20 Maio 2012

Jorge Lorenzo, da Yamaha Factory, esteve ao seu melhor nível na corrida molhada de hoje em Le Mans ao assinar brilhante vitória no Monster Energy Grand Prix de France.

Vindo do quarto posto da grelha, na segunda linha, o determinado maiorquino assumiu a liderança na primeira volta para começar desde logo a distanciar-se do resto do pelotão. Lorenzo cruzou a meta com quase dez segundos de vantagem para somar os 25 pontos e passar para a liderança do Campeonato com mais oito que o rival mais próximo.

O companheiro de equipa Ben Spies continuou, enquanto isso, a ser afectado pelo azar. O texano fez boa partida, mas acabou por perder várias posições. Seguiu-se um problema com a viseira do capacete, que deixou entrar água e lhe reduziu a visibilidade, obrigando a ida imprevista às boxes, um contratempo que o fez perder muitas posições e comprometer toda a corrida. Spies terminou em 16º e mantém-se com 11 pontos numa altura em que o Campeonato ruma à Catalunha dentro de duas semanas.

Jorge Lorenzo

“Foi mesmo complicado manter a concentração, no seco já é difícil, mas no molhando ainda é mais. A corrida parece muito mais longa e temos de nos recordar onde é que as curvas estão escorregadias em todas as voltas. Se nos esquecemos de uma podemos cair com muita facilidade. Comecei a corrida determinado a estar na primeira posição desde o início e consegui manter a concentração, mesmo quando o Casey me estava a apanhar. Teria sido fácil puxar um pouco mais e cometer um erro nessa altura, mas esperei mais algumas voltas para ver o que acontecia e depois voltei a ganhar vantagem para vencer esta fantástica corrida. Muito obrigado à minha equipa, que trabalhou arduamente em condições difíceis para encontrar uma afinação que funcionasse para mim.”

Ben Spies

“Foi uma corrida dura. Até fiz boa partida no início, depois apanhei um susto na linha, aconteceu algo porque depois começou a entrar muita água para o capacete e não conseguia ver muito nas primeiras voltas. Esperei que melhorasse, mas não conseguia ver nada e decidi ir à box porque tinha de ver por onde ia. Sabia que por essa altura a corrida estava acabada, pelo que voltei para a pista para coligir dados e fazer com que a moto trabalhasse melhor no molhado. As circunstâncias fizeram com que não fosse um bom dia.”

Wilco Zeelenberg, Director Desportivo

“Um resultado fantástico, uma grande corrida e uma grande prestação do Jorge. A moto também parecia estar muito bem; muita aderência traseira e a mudar muito bem de direcção. Um grande obrigado à equipa pelo duro trabalho, por que de manhã ainda não estávamos onde queríamos. Tínhamos muita aderência traseira e o pneu aquecia muito rapidamente, pelo que tirarmos partido disso no início da corrida; o Jorge levou muito bem as coisas até ao final!”

Comunicado de imprensa Yamaha Factory Racing.

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™