Espargaró é o homem a bater em Phillip Island

Moto2™ oferecido por
Sexta, 26 Outubro 2012

Após a segunda sessão de livres de Moto2™ do AirAsia Grande Prémio da Austrália em Phillip Island, e encurtada devido a chuva, Pol Espargaró, da Tuenti Moveil HP 40, foi quem impôs o ritmo à frente de Scott Redding e Tom Lüthi.

 

Espargaró mostrou-se logo no ritmo no início da segunda sessão, não tardando a assinar o seu melhor tempo em 1m34,578s, o mais rápido do dia antes da chegada das nuvens e da forte chuva a 20 minutos do final. E com muitos pilotos ainda a trabalharem na afinação e a não se concentrarem em tempos rápidos até ao final, isto fez com que Scott Redding (Marc VDS Racing Team) mantivesse a segunda posição na tabela de tempos combinados apesar de ter terminado apenas em 8º em FP2. Tom Lüthi (Interwetten-Paddock) e o companheiro de equipa de Redding, Mika Kallio, terminaram atrás do britânico, também graças aos registos matinais.
 
Ant Wes (QMMF Racing), fresco do primeiro pódio de Moto2 na Malásia no fim-de-semana passado, terminou o dia em quinto, apesar de ter assinado o terceiro melhor tempo da tarde, batendo Mike Di Meglio (Kiefer Racing), que foi sexto. Em sétimo ficou o potencial vencedor do Campeonato deste fim-de-semana, Marc Márquez (Team CatalunyaCaixa Repsol); a equipa do espanhol conseguiu resolver um problema eléctrico que o impediu de assinar qualquer registo de manhã. Andrea Iannone (Speed Master), que apesar de não se ter mostrado como é seu usual, assinou a oitava marca do dia com uma rápida volta durante a tarde. Já Randy Krummenacher (GP Team Switzerland) fez positivo regresso de lesão ao terminar em nono.
 
A fechar a lista dos dez primeiros ficou o vencer da última corrida, Alex de Angelis (NGM Mobile Forward Racing), depois de ter melhorado marginalmente o tempo da manhã. Xavier Siméon (Tech 3 Racing) teve problemas de motor no início da segunda sessão, enquanto Ricky Cardús (Arguiñano Racing Team) sofreu queda sem consequências físicas. Já o brasileiro Eric Granado (JiR Moto2) voltou ficar fora dos 107% ao rodar a mais de seis segundos da frente. Após a chegada da chuva alguns pilotos ainda foram para a pista para avaliarem as condições com pneus de chuva, mas não foram assinadas voltas rápidas, nem recolhida muita informação.
TAGS Australia

Fotos:

Abrir mais notícias

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™