Márquez assina impressionante vitória no GP da República Checa

Moto2™ oferecido por
Domingo, 26 Agosto 2012

Foi o piloto da Team CatalunyaCaixa Repsol Marc Márquez que assinou o triunfo no disputado bwin Grande Prémio da República Checa, à frente de Tom Luthi e Pol Espargaró.

A pista já tinha secado o suficiente para a corrida ser declarada seca, com o piloto da Interwetten-Paddock Tom Lüthi a aproveitar ao máximo as condições da pista no início e a chegar logo à liderança, à frente de Pol Espargaró (Pons 40 HP Tuenti) e de Márquez. Para o homem da Marc VDS Racing Team Scott Redding a corrida terminava, entretanto, muito cedo, com o britânico a cair ao final de três voltas.

Marquéz cedo mostrou o que pretendia, lutando para passar o seu compatriota e chegar ao segundo posto. Andrea Iannone (Speed Master), que não queira ver fugir o trio da frente, ultrapassou Simone Corse (Came IodaRacing Project) quando faltavam 17 voltas para o final, e chegou à traseira de Espargaró pouco depois. O grupo da frente permaneceu muito junto por algumas voltas e já restavam apenas 13 voltas para o final da corrida quando Iannone começou a lutar para passar Marquéz e chegar ao intermédio do pódio.

A luta durou algumas voltas, com o espanhol a tentar passar novamente para a segunda posição, ao mesmo tempo de Espargaró ocupava o quarto posto. Com a pista a não apresentar as condições ideias depois da anterior corrida molhada, os pilotos tentavam não fazer mudanças bruscas de direcção. Contudo, a oito voltas do final, Espargaró colocou-se ao lado de Iannone e ultrapassou-o por dentro, numa altura em que o piloto da Tech 3 Racing Xavier Siméon e o homem da Federal Oil Gresini Moto2 Gino caiam.

Enquanto Márquez procurava encontrar uma forma de passar Lüthi, Espargaró ultrapassou-o e chegou à segunda posição, depois de ter recebido um aviso por estar a bandeira amarela levantada. Porém, ele não viu as indicações de imediato, mas logo Iannone ultrapassa-o, quando faltavam quatro voltas para o final, dando inicio a uma interessante luta entre os dois. Lüthi entregava, entretanto, a liderança da corrida para Márquez. A luta pela quinta posição também estava animada, com o piloto da JiR Moto2 Johann Zarco e o homem da NGM Mobile Forward Racing Alex de Angelis a trocarem de posição mais do que uma vez.

A última volta foi de cortar a respiração, com Lüthi e Espargaró a lutarem desesperadamente para tentar chegar à liderança, acompanhados por Iannone. O piloto suíço parecia estar a ensaiar algum movimento para a última volta, mas a falta de velocidade em recta impediu-o de fazer qualquer tentativa. No final, foi Márquez que viu primeiro a bandeira xadrez, com Lüthi e Espargaró a completarem o pódio. Márquez tem neste momento uma vantagem de 48 pontos na liderança do Campeonato, à frente de Espargaró. O quarto posto ficou para Iannone, seguido de Corsi, De Angelis, Zarco, o piloto da Tech 3 Bradley Smith, o companheiro de equipa de Redding, Mika Kallio, e Esteve Rabat.

Fotos:

Abrir mais notícias

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
MotoGP VIP VILLAGE™