Lorenzo destaca-se na Catalunha

catalunya free practice 2 motogp lorenzo
Sexta, 1 Junho 2012

Na segunda sessão de livres do Gran Premi Aperol de Catalunya foi o piloto local Jorge Lorenzo quem assinou a melhor marca da sessão, e do dia, em condições de sol, batendo Álvaro Bautista.

Com uma volta de 1m42,099s, Jorge Lorenzo, da Yamaha Factory Racing, encabeçou a tabela combinada de tempos desta sexta-feira, à frente de Bautista, da San Carlo Honda Gresini, que se apresentou em tremenda forma perante o seu público. O terceiro crono foi da autoria de Cal Crutchlow (Monster Yamaha Tech 3), que se volta a mostrar forte neste fim-de-semana e estará certamente na luta pelo primeiro pódio no domingo.

Atrás dele e apenas a pouco mais de um décimo de segundo ficou o seu companheiro de equipa Andrea Dovizioso, que deu sinais de significativas melhorias depois de ter sido oitavo durante a manhã. Surpresa entre os cinco primeiros foi Héctor Barberá (Pramac Racing Team), que ficou a pouco mais de meio segundo do compatriota Lorenzo. Ben Spies, da Yamaha, também apresentou significativos melhoramentos ao terminar em sexto da geral, isto enquanto busca os argumentos para somar importantes pontos.

Atrás do americano ficou Dani Pedrosa (Repsol Honda Team), que não logrou repetir o feito matinal que o levou ao segundo posto e teve de se contentar com a sétima marca depois de ter trabalhado, principalmente, na afinação. Stefan Bradl (LCR Honda MotoGP) ficou a muito curta distância, seguido de Nicky Hayden (Ducati Team), também ele a não conseguir rodar como de manhã.

A fechar a lista dos dez primeiros ficou o companheiro de equipa de Pedrosa, Casey Stoner, que parece ter estado a tentar resolver problemas de afinação, sendo mesmo o único a não bater o registo conseguido de manhã. O pódio de Valentino Rossi há duas semanas não foi sinal do que estaria para vir, já que o italiano terminou a sessão a quase 1,5s da frente, em 12º. Rossi trocou para a segunda moto, com diferente relação de caixa, pouco antes do final. O melhor CRT foi o piloto da casa Aleix Espargaró (Power Electronics Aspar), em 13º.

O companheiro de equipa de Bautista, Michele Pirro, sofreu problemas mecânicos no início e teve de empurrar a sua moto até à box, enquanto Mattia Pasini (Speed Master), caiu a 14 minutos do final.

TAGS Catalunya

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™