Márquez voa para fantástica vitória em Motegi

Moto2™ oferecido por
Domingo, 14 Outubro 2012

Marc Márquez, do Team CatalunyaCaixa Repsol, voou para fantástico triunfo ma atribulada corrida de Moto2™ no AirAsia Grande Prémio do Japão, em Motegi, à frente de Pol Espargaró e Esteve Rabat.

O início já se tinha revelado atribulado, com a moto de Márquez a não ter uma velocidade engrenada, o que o levou a chegar à primeira curva quase em último depois de ter sido passado por quase toda a grelha. Assim, foi Scott Redding (Marc VDS Racing Team) quem liderou os momentos iniciais da prova, à frente de Pol Espargaró (Tuenti Movil HP 40), enquanto Márquez fazia impressionante recuperação para chegar a sétimo nas duas primeiras voltas. Pouco depois, e na sequência de animados despiques, a liderança foi para o companheiro de equipa de Espargaró, Esteve Rabat, enquanto Toni Elías (Italtrans Racing Team) escalava até terceiro.

A 19 voltas do final Márquez era já quinto, enquanto Bradley Smith (Tech 3 Racing) era toca pelo azar e via-se obrigado a desistir devido a problemas mecânicos, isto depois de se ter mostrado forte durante todo o fim-de-semana. Uma volta depois Espargaró re-encontrou o seu ritmo e regressou a segundo para perseguir o seu companheiro de equipa enquanto um erro de Redding permitiu a passagem de Márquez e Elías.

Com 17 voltas ainda pela frente Espargaró quase deitou tudo por terra ao perder controlo da moto quando totalmente inclinado, ainda assim conseguiu evitar a queda de forma formidável. Márquez também esteve bem o evitá-lo quando ele passou para segundo. Coube então a Rabat defender-se do líder do Campeonato, que estava colado à sua roda traseira quando faltavam 14 voltas. Uma passagem pela meta mais tarde Márquez tirou partido do cone de ar para passar para a liderança, enquanto Espargaró se aproximava em terceiro. Enquanto isso, o wildcar Kohta Nozane (SAG Team) via a bandeira preta ao regressar à pista depois de ter já desistido.

O companheiro de equipa de Redding, Mika Kallio, alargou a trajectória a 11 voltas do fim, caindo na classificação, enquanto Espargaró passou Rabat para ir atrás de Márquez. Umas voltas mais tarde Nico Terol (Mapfre Aspar Team Moto2) copiou Kallio e também alargou a linha na Curva 1, indo à gravilha. Com o pelotão a acalmar um pouco, Espargaró apanho Márquez a seis voltas do final e os dois passaram a rodar sozinhos na frente. Três voltas depois acabava a corrida para Elías que sofria queda quando rodava em quinto.

Espargaró tentou passar a meio da penúltima volta, mas quase entrou na traseira de Márquez. Ao evitar o acidente acabou por alargar a trajectória e perder algum terreno. Rabat mantinha-se firme na terceira posição, enquanto Redding tentava defender-se de Tom Lúthi (Interwetten-Paddock). Ainda assim Espargaró voltou a dar luta, mas sem frutos uma vez que Márquez foi o primeiro a cruzar a linha de meta com Rabat a registar o primeiro pódio da época.

Márquez conta agora com 53 pontos de vantagem no topo do Campeonato, o que faz dele o claro candidato ao ceptro. Redding manteve o quarto posto na corrida, à frente de Lüthi, Simone Corsi (Came IodaRacing Project), Takaaki Nakagami, Johann Zarco (JiR Moto2), Axel Pons e Dominique Aegerter (Technomag-CIP).

TAGS Japan

Fotos:

Abrir mais notícias

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™