Pedrosa brilha em animada corrida em Motegi

Domingo, 14 Outubro 2012

Numa muito animada corrida de MotoGP™ no AirAsia Grande Prémio do Japão, em Motegi, foi Dani Pedrosa, da Repsol Honda Team, quem levou a melhor e reduziu a diferença no Campeonato ainda mais depois de bater Jorge Lorenzo e Álvaro Bautista.

Jorge Lorenzo, da Yamaha Factory Racing, foi quem fez a melhor partida e assumiu a liderança na Curva 1 à frente de Pedrosa. Randy de Puniet (Power Electronics Aspar) sofreu queda na primeira volta, mas voltou à corrida, enquanto Ben Spies (Yamaha) caiu à entrada para a segunda volta. Na verdade, a corrida assistiu a várias quedas iniciais, com Yonny Hernandez (Avintia Blusens) a também ir ao chão, deslocando o ombro esquerdo e sofrendo contusão no pé esquerdo.

Casey Stoner (Repsol Honda) também fez boa partida para rodar em quatro atrás de Cal Crutchlow (Monster Yamaha Tech 3), em terceiro. Mas três voltas mais tarde Stoner foi superado por Álvaro Bautista (San Carlo Honda Gresini). Stefan Bradl (LCR Honda MotoGP) seguia Stoner de perto, enquanto se defendia dos ataques de Andrea Dovizioso (Tech 3), que rodava em sétimo.

A 17 voltas do final Lorenzo e Pedrosa contavam já com boa vantagem na frente, com Crutchlow a rodar isolado em terceiro. Stoner dava tudo para tentar passar Bautista, mas o espanhol esteve muito bem ao manter o australiano atrás de si. Enquanto isso, Valentino Rossi (Ducati Team) era oitavo e lutava para acompanhar o ritmo de Dovizioso à sua frente. Foi duas voltas depois que Dovizioso forçou a passagem a Bradl para ir atrás de Stoner, em quinto.

A 13 voltas do final Pedrosa levou a melhor à saída da Curva 4 e passou Lorenzo na recta para assumir a liderança e dando logo sinais e maior velocidade com a sua Honda. Enquanto Lorenzo tentava acompanhar, Bautista aproximava-se lentamente de Crutchlow, que esteve bem ao evitar uma queda. Cinco voltas depois De Puniet viu-se forçado a desistir, tal como o companheiro de equipa de Hernandez, Iván Silva. Na mesma volta Dovizioso passou Stoner para chegar a quinto.

A seis voltas do fim Pedrosa tinha confortável vantagem sobre Lorenzo, enquanto uma volta mais tarde Bautista impunha-se para passar Crutchlow e ascender ao último lugar do pódio, com os dois a levarem depois a cabo animado despique. O britânico respondeu quase de imediato com uma manobra por dentro, mas Bautista voltou a responder na curva seguinte, onde ambos se tocaram. No entanto, Crutchlow viu-se tocado pelo azar na última volta ao ter de desistir sem combustível.

Pedrosa acabou por manter a calma e assinar a vitória, com Lorenzo e Bautista a completarem o pódio, o segundo da sempre do piloto da San Carlo na categoria rainha. Pedrosa está agora a 28 pontos de Lorenzo no Campeonato quando faltam disputar apenas três corridas. Dovizioso foi quarto, seguido de Stoner, Bradl, Rossi, Nicky Hayden (Ducati), pelo wildcard Katsuyuki Nakasuga (Yamaha YSP Racing Team) e Héctor Barberá (Pramac Racing Team). O melhor CRT foi o companheiro de equipa de De Puniet, Aleix Espargaró, enquanto Danilo Petrucci (Came IodaRacing Project) teve de desistir na última volta.

TAGS Japan

Fotos:

Abrir mais notícias

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™