Pedrosa mais rápido na segunda sessão de livres no Japão

Sexta, 12 Outubro 2012

Dani Pedrosa, da Repsol Honda Team, foi quem assinou o melhor tempo na sessão vespertina do primeiro dia de treinos do AirAsia Grande Prémio do Japão, em Motegi, batendo Jorge Lorenzo e Andrea Dovizioso.

Pedrosa rodou no segundo 46 baixo, o suficiente para relegar Jorge Lorenzo (Yamaha Factory Racing) para segundo nas condições secas e solarengas. O líder do campeonato assinou a sua melhor marca com o slick traseiro mais duro, isto apesar de ter uma opção mais macia. O melhor tempo de Pedrosa surgiu no final da sessão depois de rápido ajuste à frente da moto na sequência de breve incursão pela gravilha. O terceiro posto ficou a cargo de Dovizioso (Monster Yamaha Tech 3); o italiano melhor o ritmo perto do final do treino, mostrando grande consistência ao longo das duas sessões.

Stefan Bradl (LCR Honda MotoGP) assinou o quarto registo do dia apesar de breve saída de pista; o alemão está desejoso por compensar a desistência de Aragão. Em quinto ficou Valentino Rossi (Ducati Team), cujo salto na tabela de tempo foi inesperado e surgiu perto do fim do treino para o deixar a meio segundo do tempo. Atrás dele em sexto ficou Ben Spies (Yamaha) que vai tentar melhorar para a qualificação de amanhã depois de ter terminado a quase oito décimos do companheiro de equipa.

A sétima posição ficou a cargo de Casey Stoner (Repsol Honda), que pareceu estar forte no seu primeiro dia de pista após o regressão de lesão, isto apesar de ter ido várias vezes às boxes para rever a afinação da moto. Álvaro Bautista (San Carlo Honda Gresini) terminou o dia em oitavo e vai tentar melhorar amanhã enquanto continua a trabalhar com a suspensão Showa. Em nono ficou Cal Crutchlow (Tech 3) depois de uma sessão abaixo do que é habitual em si, enquanto Nicky Hayden (Ducati) completou a lista dos dez primeiros. O americano esteve bem apesar de estar a rodar com fractura no rádio direito.

O melhor CRT foi Aleix Espargaró, da Power Electronics Aspar, que esteve bem ao ultrapassar a queda da manhã. O seu companheiro de equipa Randy de Puniet sofreu queda no início da sessão, mas logrou voltar ao trabalho na segunda moto apesar de contusão no joelho esquerdo. Outros pilotos a irem ao chão foram Karel Abraham (Cardion AB Racing) e Yonny Hernandez (Avintia Blusens).

TAGS Japan

Fotos:

Abrir mais notícias

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™