De Angelis assina primeira vitória da época no molhado em Sepang

Moto2™ oferecido por
Domingo, 21 Outubro 2012

Alex de Angelis, da NGM Forward Mobile Racing, assinou a primeira vitória da época de Moto2™ na muito dramática e absolutamente molhada corrida do Grande Prémio de Motociclismo da Malásia, à frente de Anthony West e Gino Rea.

 

Após uma chuvada torrencial antes da partida, a corrida foi atrasada meia hora e declarada molhada pela Direcção de Corrida. A primeira curva provocou logo a primeira baixa com Takaaki Nakagami (Italtrans Racing Team) a cair quando liderava. Algumas curvas mais tarde e era a vez de Johann Zarco (JiR Moto2) e Xavier Simón (Tech 3 Racing) sofrerem queda, obrigando Mika Kallio (Marc VDS Racing Team) a sair de pista.
 
Os momentos iniciais da corrida foram liderados por Julián Simón (Blusens Avintia), De Angelis e Gino Rea (Federal Oil Gresini Moto2), com o britânico a brilhar na fase inicial. Nakagami, que tinha regressado à corrida, voltou a sofrer queda depois de colisão com Eric Granado (JiR Moto2). Anthony West (QMMF Racing Team) chegava à quarta posição e o companheiro de equipa de Kallio, Redding, era quinto a 17 voltas do fim, com Simone Corsi (Came IodaRacing Project) a ser penalizado com uma passagem pela via das boxes por falsa partida.
 
Uma volta mais tarde o companheiro de equipa de Rea, Ratthapark Wilairot, perdeu a frente da moto com Marc Márquez (Team CatalunyaCaixa Repsol) a manter-se forte em sexto, à frente do rival ao título Pol Espargaró (Tuenti Movil HP 40), que lutava em 12º. O tempo voltou a trocar as voltas de forma cruel, com o sol a começar a secar a pista rapidamente e com a formação de uma linha seca. Márquez não estava a correr qualquer risco e o wild card da Petronas Raceline Malaysia, Hafizh Syahrin, atacou para alegria dos fãs da casa.
 
A 13 voltas do final De Angelis liderava a corrida, mas Rea estava a fazer uma grande prova e a pressionar o piloto de São Marino, enquanto West chegava ao terceiro lugar depois de passar Tom Lüthi (Interwetten-Paddock). Uma volta mais tarde Syahrin passou também pelo suíço, com Rea a assumir a liderança. O wild car malaio não tardou a passar West para ocupar o terceiro posto e depois por De Angelis para em seguida travar mais tarde que Rea e assumir a primeira posição. A nove voltas do final a chuva volta a cair fortemente e Rea começou a recuperar com Syahrin ainda a defender-se, mas depois De Angelis e West entraram também na luta pela liderança.
 
Contudo, o drama surgiu a sete voltas do final com Márquez a perder a frente da moto e a cair, enquanto Espargaró conseguiu levar a luta pelo ceptro até Phillip Island. Na mesma volta registaram-se ainda as quedas de Mike Di Meglio (Kiefer Racing) e da dupla da Mapfre Aspar Moto2, Nico Terol e Jordi Torres. Um volta depois Lüthi também foi parar à gravilha.
 
A quatro voltas do final De Angelis construía pequena vantagem na frente, com West atrás, mas Rea a dar também muita luta. Mas este embate foi encurtado com a apresentação da Bandeira Vermelha a duas voltas do final devido à chuva excessiva que se fazia sentir na pista. Rea era o líder quando a bandeira foi mostrada, mas a classificação foi a da volta anterior, dando a De Angelis o primeiro triunfo da época, com West em segundo e Rea em terceiro, ambos a estrearem-se no pódio da Moto2™. Com o rival de Márquez na corrida ao título a terminar em 11º, o líder da classificação não conseguiu garantir o ceptro e vai para Phillip Island para nova tentativa com 48 pontos de vantagem. O quarto lugar ficou a cargo de Syahrin, seguido de Simón, Andrea Iannone (Speed Master), Kallio, Smith, Dominique Aegerter (Technomag-CIP) e do companheiro de equipa de Espargaró, Esteve Rabat.
TAGS Malaysia

Fotos:

Abrir mais notícias

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™