Stoner volta ao topo no regresso

Quinta, 1 Março 2012

O terceiro dia do Teste Oficial na Malásia viu as todas as Hondas voltarem à pista e Casey Stoner a regressar ao topo da tabela de tempos ao meio-dia.

O terceiro e último dia de testes em Sepang começou com temperaturas elevadas e tempo seco, com as equipas a iniciarem o trabalho cedo para compensarem o tempo perdido ontem com a chuva. Todos os pilotos foram para a pista assim que esta abriu, incluindo os quatro homens da Honda, e sob uma temperatura de pista ideal de 40ºC Casey Stoner (Repsol Honda) melhorou a sua marca do primeiro dia em sete décimos ao rodar em 2m00,473s. O Campeão do Mundo centrou o trabalho no consumo de combustível.

Jorge Lorenzo ficou com a sua YZR-M1 a quatro décimos do australiano, destruindo o seu melhor registo em quatro décimos enquanto trabalhava com novo chassis. O espanhol revelou-se particularmente contente com as melhorias conseguidas com a electrónica da moto, dizendo que esta agora está mais suave. Lorenzo caiu antes do meio-dia e voltou para a box da Yamaha Factory, assim como o companheiro de equipa Ben Spies, que foi ao chão durante a manhã e ainda antes de conseguir melhorar o tempo que fez ontem. Desta forma, Spies foi almoçar com o quinto tempo, mas o texano mostrou-se satisfeito com o conseguido durante a manhã.

Dani Pedrosa melhorou o ritmo de terça-feira em nove décimos de segundo, terminando a manhã a seis décimos do companheiro de equipa Stoner e mesmo atrás de Lorenzo. Andrea Dovizioso (Monster Yamaha Tech 3) ficou a 0,2s de Pedrosa, em quarto, com o italiano a melhorar os seus registos nos mesmo dois décimos depois de ter encontrado ontem uma posição de pilotagem mais confortável e eficiente.

Cal Crutchlow (Monster Yamaha Tech 3) era sexta à hora do almoço, com 0,09s de margem sobre Valentino Rossi, que melhorou a sua marca de ontem em mais meio segundo para se tornar no mais rápido da Ducati em pista. O companheiro de equipa Nicky Hayden ficou a 0,059s do italiano, uma melhoria de um décimo face a ontem.

Héctor Barberá foi o nome que se seguiu, em nono. O piloto da Pramac Racing recuperou da queda de ontem à chuva e melhorou o seu crono em três décimos. Álvaro Bautista foi ao chão com a sua San Carlo Honda Gresini, mas saiu ileso do contratempo, isto já depois de ter retirado sete décimos à sua marca de terça-feira.

A 0,26s de Bautista ficou o estreante Stefan Bradl com a sua LCR Honda, enquanto Colin Edwards, da NGM Mobile Forward Racing, ficou a 1,66s do Campeão do Mundo de Moto2 de 2011 e a dupla da Avintia Racing, Ivan Silva e Yonny Hernandez, quedou-se a dois segundos do americano.

Junte-se ao motogp.com para o resumo completo do dia Teste ao final da tarde e mantenha-se ao corrente dos tempos carregando aqui.

TAGS 2012

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Fotos:

Abrir mais notícias

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™