Marquez arrebata vitória no Estoril após luta final épica

Moto2™ oferecido por
portugal estoril moto2 race marquez
Domingo, 6 Maio 2012

Marc Marquez, da Team CatalunyaCaixa Repsol, foi o grande vencedor do Grande Prémio de Portugal Circuito Estoril, após uma espectacular disputa na última corrida com o compatriota Pol Espargaró.

Marc Marquez da Repsol arrancou e liderou as fases inaugurais a par de Tom Lüthi da Interwetten-Paddock, enquanto Dominique Aegerter, da Technomag-CIP chegou a terceiro depois de um arranque brilhante. Lüthi ultrapassou Marquez na recta da meta, ao mesmo tempo que Aegerter era ultrapassado por Pol Espargaró (40 HP Tuenti) e Johann Zarco (JiR Moto2).

Andrea Iannone (Speed Master) e Scott Redding (Marc VDS Racing Team) deixaram Aegerter para trás e perseguiram os quatro primeiros numa disputa por um lugar no pódio. À quinta volta, à medida que este grupo se consolidava, Zarco avançou contra Espargaró para o terceiro lugar, e Iannone aproveitou a contenda para subir brevemente para quinto. Na mesma volta, Yuki Takanashi (NGM Mobile Forward Racing) caiu quando ia em 17º, mas escapou ileso.

Espargaró largou a trajectória, mas conseguiu aguentar-se no encalço do grupo da frente, incorporando-se pouco depois. Gino Rea (Federal Oil Gresini Moto2) foi às boxes com um problema eléctrico que o forçou a abandonar a corrida.

A oito voltas do fim, Lüthi alcançou uma breve liderança, enquanto Zarco ultrapassava Marquez e subia ao segundo lugar. Durou pouco. Espargaró arrancou uma jogada espectacular e, uma volta depois, saltou para segundo.

Iannone agarrava-se ao quinto lugar quando largou a trajectória a 16 voltas do fim, voltando a integrar o grupo perseguidor com Redding, Toni Elías (Mapfre Aspar Team) e o companheiro de equipa de Espargaró, Esteve Rabat. Mais atrás, Axel Pons (Pons 40 HP Tuenti) sofreu uma queda na chicane que o obrigou a retirar-se da corrida prematuramente.

A nove voltas do fim, Marquez perseguia Lüthi com o objectivo de chegar em primeiro. Duas voltas mais tarde, tanto Marquez como Espargaró aproveitaram o cone de ar para passar Lüthi para terceiro. Os pilotos espanhóis juntaram-se isolados na frente, numa disputa que lembrava a anterior, quando ambos lutavam pela vitória.

Tal como o seu companheiro de equipa Pons, Rabat também caiu na chicane, seguido de Corsi. Na mesma curva, Mike Di Meglio (S/Master Speed Up) também terminou a corrida devido a queda. Alex de Angelis (NGM Mobile) e Elías protagonizaram uma emocionante batalha pelo sétimo lugar. Pouco depois, Elías também teve de enfrentar Mika Kallio (Marc VDS), ultrapassando-se um ao outro constantemente.

Contudo, foram Marquez e Espargaró a dar um dos melhores espectáculos de Moto2, à medida que se ultrapassavam sucessivamente, com Marquez a sair em primeiro graças a um erro de Espargaró na chicane final.

Esta é a segunda vitória em três corridas para Marquez, o que reforça a sua posição no campeonato. Lüthi ficou com o terceiro lugar do pódio, à frente de Zarco, Iannone e De Angelis. O Top 10 inclui ainda Toni Elías, Julián Simón (Blusens Avintia), Mika Kallio e Bradley Smith (Tech 3 Racing).

TAGS Portugal

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
MotoGP VIP VILLAGE™