Primeira vitória de Pedrosa no molhado e título de Equipas para a Repsol Honda em Sepang

Domingo, 21 Outubro 2012

A Repsol Honda Team regressou ao pleno da força no Grande Prémio da Malásia com mais uma soberba vitória de Dani Pedrosa e o regresso de Casey Stoner ao pódio com o terceiro posto.

 

As condições traiçoeiras de hoje em Sepang levaram ao final antecipado da corrida a seis voltas do final devido a chuvada tropical. Dani estava com uma vantagem de 6,4 segundos sobre Jorge Lorenzo e Stoner corria atrás do segundo lugar quando a bandeira vermelha foi apresentada, o que o impediu de progredir mais.
 
Hoje, Pedrosa festejou a primeira vitória no molhado, o sexto triunfo da época de 2012 e 44º da carreira de Grandes Prémios, igualando Lorenzo e Stoner na tabela de vencedores de todos os tempos. É a primeira vez que Pedrosa venceu três corridas consecutivas na categoria rainha e tornou-se no primeiro espanhol a vencer na Malásia na categoria de MotoGP. Ele também bateu o seu próprio recorde de 13 pódios numa temporada e continua em busca do título quando faltam apenas duas corridas.
 
Stoner regressou ao pódio – o sexto da temporada – naquela que foi apenas a segunda corrida após regresso de lesão que o obrigou a falhar três rondas desde Indianápolis. O Campeão do Mundo de 2011 foi cauteloso e, por isso, incapaz de apanhar Dani e Jorge nas voltas iniciais, mas a sua confiança foi crescendo e começou a encontrar o ritmo com o desenrolar da corrida e estava a reduzir a diferença para Lorenzo quando a corrida foi parada.
 
Com o duplo pódio de hoje, o sétimo do ano, a Repsol Honda Team conquistou o Campeonato do Mundo de Equipas de 2012 quando faltam disputar duas provas.
 
Dani Pedrosa
"Esta vitória é realmente fantástica para mim; foi a primeira vez na vida que ganhei no molhado e estou mesmo muito contente. Quero agradecer à equipa e às pessoas que me ajudaram a chegar aqui porque quando comecei a correr nestas condições era fraco e todos sabiam o quão difícil foi para mim durante todo este tempo! O Jorge impôs um ritmo muito forte no inicio da corrida e mantive-me calmo para o acompanhar. Sabia que ele estava com um pneu traseiro macio e que podia isolar-se um pouco no início. Volta a volta fui ganhando mais confiança e consegui continuar a puxar e a meio da corrida passei-o para construir uma boa vantagem. Algumas voltas depois a chuva começou a cair forte e foi complicado ficar na moto. Tive sorte ao vencer esta corrida e o Jorge também ao terminar em segundo porque quase caiu. Estou contente pelo triunfo, mas especialmente contente por a poder dedicar ao Ginés, um bom amigo e membro da Repsol Honda Team que infelizmente faleceu ontem. Esta é para ti!”
 
Casey Stoner
"No início da corrida teria ficado muito contente com um pódio. Estava a considerar nem alinhar à chuva porque os riscos eram muito altos – se tivesse voltado a cair da moto e batido com o tornozelo seria o final da época. Com o desenrolar da corrida fui recuperando a minha confiança de forma gradual e a trabalhar em coisas diferentes porque há algum tempo que não rodava no molhado. Comecei a apanhar a frente lentamente, mas infelizmente fiquei sem tempo com a apresentação da bandeira vermelha. De várias formas, estou desapontado, mas estou contente com os pontos somados hoje e com mais um pódio.”
 
Comunicado de imprensa Repsol Honda Team.

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™