Bautista: "Demos um grande passo em frente"

Sexta, 2 Março 2012

Após dois dias dias de mau tempo, as condições apresentaram-se finalmente boas no terceiro e último dia de testes em Sepang, o que permitiu às equipas trabalharem sem interrupções.

Álvaro Bautista, do Team San Carlo Honda Gresini, trabalhou intensivamente apesar de pequena queda na manhã de quinta-feira na Curva 8. O piloto e equipa rumaram a casa satisfeitos e confiantes antes do regresso ao trabalho em Jerez de 23 a 25 de Março para o último ensaio da pré-época de 2012.

Alvaro Bautista:
“Estou satisfeito porque conseguimos finalmente ter um dia completo depois de termos estado aqui dois dias a ir para a pista apenas de manhã. É claro que foi um dia duro porque tivemos de fazer tudo em menos tempo; foi por isso que começámos logo de manhã e só fizemos uma breve paragem na altura mais quente do dia. Trabalhámos principalmente na adaptação à 1000cc e apesar de estar cansado ao final do dia, fiquei contente com os progressos. Infelizmente cometi um erro na minha primeira volta de uma das tiradas, quando os pneus ainda não estavam à temperatura, e alarguei a trajectória, entrando na relva artificial e sofrendo pequena queda. Felizmente não me magoei e conseguimos continuar o trabalho com a outra moto, principalmente com a afinação da suspensão, e apresentámos bom ritmo. Estou contente porque demos um grande passo em frente e reduzimos a diferença para os da frente. Sabemos que ainda temos um longo caminho pela frente, mas estou confiante porque a relação com a equipa é fantástica e sei que vamos fazer mais progressos no próximo teste em Jerez.”

Fausto Gresini:
“Foi um teste importante para nós porque o Álvaro precisava de muitas voltas com a RC213V para ganhar confiança na moto e, acima de tudo, para aprender os métodos necessários para trabalhar com a Honda, que é diferente daquela com que rodou no ano passado. Ele também precisa de mais tempo com a 1000cc porque não teve tantas oportunidades de rodar com a moto como os outros pilotos. Tivemos algumas actualizações técnicas da suspensão para testar e que nos deixaram contentes, mas também precisamos de tempos e informações para tirarmos o melhor partido delas. De forma geral foi um teste positivo porque o Álvaro sabe que pode assinar melhores tempos por volta e ele melhorou desde o último ensaio, reduzindo a diferença para os mais rápidos. Foi uma pena ter sofrido a queda porque o atrasou um pouco, mas estamos optimistas para o futuro.”

TAGS 2012

Fotos:

Abrir mais notícias

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™