Stoner mais rápido no segundo dia do Teste de Sepang

Quarta, 1 Fevereiro 2012

O Teste Oficial de MotoGP™ na Malásia viu o Campeão do Mundo liderar a tabela de tempos no final do dia, com os pilotos da Yamaha Factory Racing, Ben Spies e Jorge Lorenzo, foram os rivais mais próximos do australiano.

Depois de ter falhado o primeiro dia de testes, na terça-feira, devido a contratura muscular, Casey Stoner trabalhou de forma gradual para regressar ao seu ritmo dominador e encabeçou a tabela de tempos do segundo dia do Teste Oficial de MotoGP™, em Sepang. A 19ª volta do australiano nesta quarta-feira aos comandos da sua RC213V 1000cc, de 2m00,895s, manteve-se intocável até ao final, com Spies a ficar a 0,157s e Lorenzo a mais 0,016s do piloto da Repsol Honda.

Com a geometria e afinação do chassis ajustados aos seus estilos de pilotagem no dia anterior, a dupla da Yamaha Factory passou a quarta-feira a suavizar a eletrónica e entrega de potência da YZR-M1 com que Spies assinou o melhor tempo até à hora de almoço.

A antepenúltima das 35 voltas somadas por Dani Pedrosa foi aquela onde o piloto garantiu a marca de 2m01,508s, a quarta da sessão num dia em que o espanhol se concentrou no chassis da nova Repsol Honda.

Cal Crutchlow voltou a completar o Top 5, adaptando-se bem ao regresso às duas rodas depois de ter passado quase todo o defeso afastado das motos. O britânico conseguiu como melhor tempo a marca de 2m01,565s com a sua Monster Yamaha Tech 3, o que representou uma margem de pouco mais de dois décimos de segundos sobre Héctor Barberá, da Pramac Racing. O espanhol trabalhou com vista à resolução de um problema de vibrações e testou novos componentes na sua GP12 Ducati.

Valentino Rossi foi o último a rodar a um segundo de Stoner, isto depois de ter passado a maior parte do dia a testar novas peças para a GP12 em conjunto com a Ducati Team. Ainda a recuperar, o companheiro de equipa Nicky Hayden revelou que a nova Desmosedici lhe está a dar melhores sensações na frente, se bem que a falta de força resultante da recente lesão no ombro lhe causou alguns problemas, de tal forma que o americano acabou mesmo por passar a sua Ducati para o piloto de testes Fracno Battaini durante boa parte do dia.

Outro piloto ainda a recuperar de lesão, Andrea Dovizioso (Monster Yamaha Tech 3), assinou o nono tempo da sessão enquanto tenta conhecer melhor a sua Yamaha. O italiano ficou a dois décimos de Álvaro Bautista, da San Carlo Honda Gresini. O estreante de MotoGP Stefan Bradl (LCR Honda) foi o nome que se seguiu, em 11º, com Karel Abraham a garantir a 12ª marca. O checo testou novo chassis na sua Cardion AB Motoracing Ducati.

Colin Edwards, aos comandos da Suter-BMW, melhorou o seu registo em mais de um segundo face ao tempo que tinha conseguido durante a manhã. Ele e a equipa NGM Mobile Forward Racing trabalharam numa afinação diferente à de ontem do pacote eletrónico.

A Avintia Racing não conseguiu completar o programa de testes do dia devido a problemas com os motores da moto BQR-FTR. O piloto Ivan Silva completou apenas 16 voltas, enquanto os pilotos de testes Robertino Pietri e Jordi Torres somaram cinco passagens pela linha de meta cada um.

Os resultados completos de quarta-feira estão disponíveis aqui.

TAGS 2012 Sepang Circuit

Fotos:

Abrir mais notícias

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
MotoGP VIP VILLAGE™