Pedrosa no topo após segunda sessão do livres do Red Bul GP dos EUA

Sexta, 27 Julho 2012

Dani Pedrosa, da Repsol Honda Team, marcou o ritmo no primeiro dia de treinos sob o sol californiano no Red Bul Grande Prémio dos Estados Unidos, em Laguna Seca, ao terminar à frente de Jorge Lorenzo e Casey Stoner.

A volta no segundo 21 baixo de Pedrosa, que bateu o anterior recorde do circuito, destronou o líder do Campeonato Jorge Lorenzo, da Yamaha Factory Racing, da primeira posição na segunda sessão de livres por três décimos de segundo. O companheiro de equipa de Pedrosa, Casey Stoner, foi terceiro por curta margem, mas foi travado pelo trafego na última volta lançada, o que o obrigou a ligeira saída de pista.

A quarta posição na tabela de tempos ficou a cargo de Ben Spies, da Yamaha, que no início da semana anunciou que vai deixar a formação dos três diapasões no final da época. Em quinto ficou Andrea Dovizioso (Yamaha Monster Tech 3), que se mostrou em boa forma e deu mostras de querer lutar pelo lugar que vai ficar livre na formação de fábrica. O seu companheiro de equipa Cal Crutchlow assinou o sexto crono do dia, isto apesar de ter sofrido forte queda à entrada para a Curva 10. Ainda assim teve sorte ao não se lesionar.

Nicky Hayden (Ducati Team), que já renovou contrato com a equipa italiana, registou o sétimo tempo. Em oitavo ficou Stefan Bradl (LCR Honda MotoGP), que teve bom dia na estreia na California no MotoGP. O germânico ficou a 1,5 segundos do topo na sessão da tarde. Valentino Rossi, da Ducati, assinou a nona marca, mas também sofreu queda ao entrar para a Curva 3, o que levou à apresentação de bandeira vermelha para reparação do “air-fence”. Álvaro Bautista (San Carlo Honda Gresini), que sofreu queda na mesma curva que Rossi pouco antes, terminou o treino em décimo. Ambos os pilotos saíram ilesos dos contratempos.

Aleix Espargaró, da Power Electronics Aspar, foi o melhor piloto CRT, em 11º. Colin Edwards (NGM Mobile Forward Racing) deu continuidade ao bom momento de forma pelo qual está a passar ao garantir a 13ª marca e bater Toni Elías (Pramac Racing Team) que está a substituir o lesionado Héctor Barberá e assinou o 14º crono. O wild card Steve Rapp, da Attack Performance, foi 22º, a menos de sete segundos da frente.

Fotos:

Abrir mais notícias

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™