Vitória e pódio para dupla da Repsol Honda em Laguna Seca

Domingo, 29 Julho 2012

Casey Stoner, da Repsol Honda Team, assinou a quarta vitória de 2012 e Dani Pedrosa, terceiro, conquistou o nono pódio em dez possíveis no Red Bull Grande Prémio dos Estados Unidos.

Após difícil fim-de-semana a tentar fazer o pneu duro funcionar na RC213V, Stoner fez escolha arriscada momentos antes de partir para a grelha, optando pelo pneu traseiro macio, enquanto Dani e Lorenzo elegeram o duro. Foi uma boa aposta por parte de Stoner para aumentar a confiança num circuito de que gosta muito e onde apenas ele e Wayne Rainey lograram três vitórias na categoria rainha. Pedrosa não conseguiu manter o ritmo de Casey e Lorenzo, mas ainda conseguiu apresentar novo recorde de volta de corrida, na quinta passagem pela meta, ao rodar em 1m21,229s.

 

Os resultados representaram o 300º pódio da Repsol Honda Team na categoria rainha.

Casey Stoner

"Foi um fim-de-semana complicado para nós de forma geral, especialmente a tentarmos fazer o pneu duro funcionar. Por isso, para a corrida decidimos rodar com o opção macia e ter um pouco mais de cuidado com o pneu, manter um pouco mais de tracção e não patinar tanto. No início da corrida tentei passar para a frente, mas o Dani e o Jorge estavam a rodar com linhas muito boas e foi impossível passar. Decidi abrandar um pouco os tempos por volta e tentar poupar os pneus até ao final e depois conseguimos recuperar. Acreditei na vitória durante toda a corrida, só tinha de garantir que o pneu durava até final. Quando cheguei à frente fiz boas voltas e consegui pequena vantagem e continuei a partir daí. Estou muito, muito contente e um grande muito obrigado a toda a equipa.”

Dani Pedrosa

"Dei o meu melhor nesta corrida e o terceiro lugar foi o máximo que consegui desta vez. No início estava muito confiante e calmo quando o Casey me passou porque sabia que ele estava com o pneu macio e isso era a escolha mais arriscada para a corrida, mas acabou por lhe correr tudo na perfeição. Sabia que também tinha bom ritmo para a corrida, mas quando apanhei o Casey outra vez e estava pronto para o passar acelerei muito depressa e chegámos a tocar, quase dei por mim no chão. Perdi terreno para os da frente, mas quando comecei a travar mais forte para tentar reduzir a diferença outra vez perdi a frente muitas vezes e estive perto de não terminar. De todas as formas, estou satisfeito porque continuei a puxar até ao final, dando os 100% apesar de hoje não ter chegado. Um pequeno erro é o bastante para não terminar na frente. Seja como for, rodámos com a nova moto pela primeira vez e somámos mais um pódio. Sabemos que podemos melhorar para voltarmos mais fortes em Indianapolis.”

Comunicado de imprensa Repsol Honda Team.

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
MotoGP VIP VILLAGE™