Os principais números do Red Bull Grande Prémio das Américas

Quinta, 18 Abril 2013

Regressou a altura de apresentar os mais importantes números quando o MotoGP™ se prepara para se estrear no Circuito das Américas, a primeira das três jornadas que este ano se disputam nos Estados Unidos.

 

99 – A vitória de Jorge Lorenzo no Grande Prémio do Qatar representou o 99º pódio do espanhol em Grandes Prémios. Mais um resultado entre os três primeiros e passar a ser o oitavo piloto da história a atingir a marca de 100 pódios em Grandes Prémios. Os outros pilotos a terem atingido esta marca são: Valentino Rossi (178 pódios), Giacomo Agostini (159), Ángel Nieto (139), Phil Read (121), Mike Hailwood (112), Dani Pedrosa (112) e Max Biaggi (111).
 
39 - No dia da corrida em Austin passam exactamente 39 anos sobre o dia em que Barry Sheene terminou no pódio pela primeira vez na classe de 500; o piloto foi segundo na estreia da RG500 Suzuki a 4-tempos no Grande Prémio de França de 1974, disputado em Clermont-Ferrand.
 
29 – As últimas 29 vitórias de MotoGP foram partilhadas entre três pilotos: Casey Stoner, Jorge Lorenzo e Dani Pedrosa.  O último triunfo de MotoGP por outro piloto que não um destes foi no Dutch TT em 2011, quando Ben Spies assinou a única vitória da carreira de Grandes Prémios até ao momento.
 
21 – No primeiro dia de treinos em Austin passam exactamente 21 anos sobre o dia em que Àlex Crivillé terminou em terceiro no Grande Prémio de 500cc da Malásia de 1992, o primeiro pódio de um piloto espanhol na categoria rainha. Desde então os espanhóis somaram mais 252 pódios na categoria rainha.
 
17 – No dia da corrida em Austin passam exactamente 17 anos sobre o dia em que o falecido Norick Abe venceu o Grande Prémio do Japão de 500 em Suzuka, em 1996, tornando-se no segundo piloto mais jovem de sempre a vencer um Grande Prémio da categoria rainha. O mais jovem desde Freddie Spencer.
 
14 – Com o segundo lugar conquistado no Grande Prémio do Qatar, Valentino Rossi conta agora com pelo menos um pódio em 14 épocas consecutivas na categoria rainha. Isto é algo que mais nenhum piloto conseguiu atingir; anteriormente Rossi partilhava o recorde com Giacomo Agostini, que conseguiu pelo menos um pódio em 13 épocas consecutivas.
 
5 – As últimas cinco corridas de MotoGP nos EUA foram ganhas por pilotos Honda. O último piloto não Honda a vencer foi Jorge Lorenzo em Laguna Seca, em 2010.
 
5 – Pol Espargaró qualificou-se na pole position nas últimas cinco corridas, o que iguala a mais longa sequência de poles na classe de Moto2 – conseguida por Stefan Bradl em 2011. Se o espanhol somar mais uma pole neste fim-de-semana, passará a ser a mais longa sequência de pole positions consecutivas na classe intermédia dos Grandes Prémios desde que Max Biaggi assinou sete poles seguidas nas 250cc em 1995.
 
4 – Casey Stoner é o piloto com mais triunfos em Grandes Prémios nos Estados Unidos: três vitórias de MotoGP em Laguna Seca e uma em Indianapolis. Dois dos pilotos que vão competir no Grande Prémio das Américas podem igualar este total de quatro vitórias no país: Dani Pedrosa, com duas no MotoGP em Indianapolis e uma Laguna Seca, enquanto Nico Terol soma três triunfos nas 125cc em Indianapolis.
 
2 – No Grande Prémio do Qatar os pilotos Yamaha terminaram nas primeira e segunda posições na corrida de MotoGP pela primeira vez desde o Grande Prémio de Portugal, no Estoril, em 2010, nessa altura com os mesmo dois nomes – Jorge Lorenzo e Valentino Rossi – que cruzaram a meta na mesma ordem.
TAGS Americas

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Fotos:

Abrir mais notícias

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
MotoGP VIP VILLAGE™