Barberá ainda "aborrecido" com os problemas eléctricos

Terça, 9 Abril 2013

Héctor Barbera esteve forte no Commercial Bank Grande Prémio do Qatar, subindo até à 13ª posição do 22º lugar da grelha de partida. Contudo, o espanhol não conseguiu deixar de ficar desapontado com os problemas eléctricos que sentiu na sessão de qualificação.

 Os problemas não aconteceram apenas na qualificação, já que a máquina da Avintia Blusens também teve problemas mecânicos nos treinos.

 “Estou um pouco aborrecido porque os problemas eléctricos que tivemos (no sábado) ditaram o nosso resultado na corrida”, disse o espanhol depois da corrida. “Ontem pouco estivemos em pista e apenas hoje conseguimos melhorar um pouco no warm-up. A corrida foi complicada porque o meu principal adversário (o piloto da Power Electronic Aspar Aleix Espargaró) partiu 11 posições à frente. Arranquei bem e dei o máximo, mas não consegui fazer melhor. Foi uma pena, porque se tivesse conseguido chegar perto do Espargaró e do Randy (de Puniet) não sei se não conseguiria passá-los. Mas, pelo menos teria causado problemas”.

 O seu companheiro de equipa Hiroshi Aoyama teve uma noite melhor, assinando o 15º lugar.

“Penso que foi um bom início para nós”, afirmou o piloto japonês. “O fim-de-semana não começou muito bem mas recuperei e no final consegui arrecadar um ponto numa corrida que foi muito difícil. Para começar o Campeonato do Mundo é bom, porque temos potencial para melhorar e sabemos em que pontos é que o podemos fazer”.

Com as máquinas FRT, a Avintia Blusens espera liderar na categoria de CRT.

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™