CEV Repsol sob a tutela da FIM a partir de 2014

Terça, 17 Setembro 2013

O CEV Repsol (Campeonato de Velocidade de Espanha), um dos mais prolíficos fornecedores de pilotos para o MotoGP™ vai, a partir de 2014, ser promovido oficialmente a competição internacional, com eventos noutros países e sob o controlo da Fédération Internationale de Motocyclisme (FIM).

 

O Campeonato do Mundo de Grandes Prémios de Velocidade FIM é uma grande demonstração da importância do CEV, com os actuais líderes das três categorias – MotoGP™, Moto2™ e Moto3™: Marc Márquez, Scott Redding e Luís Salom – a terem todos passado pela competição.
 
Há vários anos que o CEV Repsol é gerido pela Federação Espanhola de Motociclismo – RFME. A mudança para a FIM é o passo óbvio que se segue para a competição dirigida pela Dorna; e o campeonato continuará a ser gerido em grande proximidade com o MotoGP™ em termos de regulamentos e procedimentos para que os pilotos e equipas se possam preparar totalmente para darem o passo para o palco internacional. O Campeonato será disputado em actuais circuitos de Grandes Prémios em Espanha e também em outros circuitos europeus.
 
O seu elevado nível de qualidade organizacional é visível não apenas nos actuais líderes do Campeonato do Mundo, mas também por talentos passados e presentes, como Casey Stoner, Jorge Lorenzo, Dani Pedrosa, Stefan Bradl, Álvaro Bautista, Nico Terol e Julián Simón, todos eles a terem-se sagrado campeões em pelo menos uma das três categorias.
 
Com participantes de 23 países diferentes, o CEV Repsol é uma grande plataforma que recebe pilotos talentosos de todo o mundo para aprenderem a sua arte num mais profissionais ambientes fora do Campeonato do Mundo de Grandes Prémios de Velocidade FIM. E com muitos dos actuais talentos a terem já passado pela competição ao longo dos anos, a parceria entre o CEV Repsol e a FIM vai seguramente servir para que continue a dar novos pilotos ao mundial durante muitos anos.
 
Vito Ippolito, Presidente da FIM:
“O upgrade do Campeonato de Velocidade de Espanha é uma mudança muito positiva e que vai resultar em melhor exposição a nível mundial. Há muitos pilotos bons a participar neste Campeonato e que depois se juntam às classes do Campeonato do Mundo de Grandes Prémios e mostram excelente nível de pilotagem. Chegou a altura de dar uma força adicional a este campeonato tornando-o uma competição internacional.”
 
Carmelo Ezpeleta, CEO da Dorna:
“Estou muito contente com o novo palco que espera o CEV Repsol. O facto deste campeonato ser aberto internacionalmente e agora passar a estar sob alçada da FIM é prova que todo o trabalho feito no passado ajudou claramente a fortalecer esta competição e vai garantir que continua a fornecer pilotos que podem brilhar nas três categorias do Campeonato do Mundo de MotoGP.”
TAGS 2013

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Fotos:

Abrir mais notícias

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™