Crutchlow ultrapassa as dores para fazer forte regresso

Cal Crutchlow FP2 Sepang 2013 review
Sexta, 11 Outubro 2013

Cal Crutchlow, da Monster Yamaha Tech 3 fez bom regresso à acção no Shell Advance Grande Prémio da Malásia na sexta-feira ao garantir a terceira melhor marca do dia.

 

Sexto mais rápido no tradicionalmente quente e húmido traçado nesta manhã de sexta-feira, Crutchlow foi quase um segundo mais lesto na FP2 para se colocar atrás dos espanhóis Dani Pedrosa e do líder do Mundial Marc Márquez.
 
Crutchlow tinha lutado contra as dores em FP1, com o braço direito que lesionou em Silverstone inchado, mas conseguiu rodar com muito menos desconforto em FP2 e os melhoramentos na condição física reflectiram-se no ritmo apresentado.
 
 
O piloto de 27 anos assinou a melhor marca pessoal em 2m01,423s para garantir o terceiro posto com escassos 0,115s de margem sobre Valentino Rossi, da Yamaha, numa pista com excelentes níveis de aderência apesar da forte chuva que se fez sentir entre as duas sessões.
 
“Foi uma manhã muito difícil para rodar ao máximo porque tive alguns problemas com o braço direito que lesionei pela primeira vez em Inglaterra,” explicou o britânico. “Já sei que preciso de ser operado no final da época, mas até agora o grande impacto que sofri no braço em Silverstone só causou inchaços, mas não dores. Ao contrário, esta manhã tive muitas dores e não consegui usar bem o braço.”
 
Ele acrescentou: “Felizmente de tarde estive muito melhor e na última tirada do dia dei um passo positivo e estou contente por terminar entre os três primeiros. Fui logo mais rápido na primeira vez que rodei com o pneu novo porque em quase toda a FP2 estivemos a trabalhar na afinação da moto com pneus usados que também usei de manhã.”

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™