Decisão de Crutchlow "esperada" antes de Indianápolis

Crutchlow decision ‘expected’ before Indianapolis
Segunda, 29 Julho 2013

 

Cal Crutchlow deverá decidir com que equipa vai rodar em 2014 antes da próxima jornada da presente temporada, em Indianápolis. Isto de acordo com Lin Jarvis, Director da Yamaha Factory Racing, que, em conjunto com a equipa Yamaha Tech 3 de Crutchlow e com o patrocinador Monster, está a tentar encontrar uma solução.

 

Quais são as últimas novidades quanto ao futuro do Cal Crutchlow?
Na verdade, é a Monster Yamaha Tech 3 que detém o contrato com o Cal... mas basicamente há três partes interessadas no contrato do Cal: a Tech 3 enquanto equipa, a Yamaha enquanto construtor e a Monster enquanto patrocinador. O que se passa com estas negociações é que estamos – as três partes em conjunto – a falar com o Cal e a sua gestão para vermos o que podemos fazer.
 
Adoraríamos ver o Cal connosco no próximo ano, mas sabemos que as suas prestações estão muito boas e que, por isso, ele é muito cobiçado e os nossos concorrentes também estão interessados nos serviços dele. Espero que se mantenha com a Tech 3 Yamaha. Talvez esteja tudo resolvido antes da próxima corrida – é isso que espero.
 
Disse recentemente que a Yamaha fez um grande esforço para apresentar uma proposta atractiva para o Crutchlow. Pode desenvolver?
Normalmente significa dinheiro. Basicamente, estamos prontos para fazer alguma coisa. Creio que o Cal está muito contente com a equipa e com a moto e que está muito satisfeito com a posição em que está, mas é um piloto profissional e numa altura muito importante da carreira.
 
Agora é a altura de fazer dinheiro na carreira, pelo que o mais importante é que estamos a tentar – em conjunto com as três partes – ver o que podemos oferecer-lhe para continuar.
 
Tem consciência que há muitos rivais interessados nos serviços dele?
Sim, estamos bem conscientes disso. Duas fortes alternativas – e talvez ambas as companhias tenham mais dinheiro que nós neste momento, por assim dizer. Temos uma situação em que o Cal evoluiu na Tech 3 e, normalmente, a Tech 3 é a nossa equipa para pilotos jovens, ou em desenvolvimento, que depois podem passar para a formação de fábrica.
 
Cal está num ponto alto para dar o salto, mas estamos cheios. Temos o Valentino (Rossi) e o Jorge (Lorenzo) com dois anos de contrato pelo que, neste momento, não temos lugar na Yamaha Factory. São circunstâncias difíceis e do outro lado, especialmente na Ducati, a situação é diferente, pelo que eles talvez tenham mais possibilidades.
 
Em declarações proferidas na sua conta pessoal de Twitter na segunda-feira, Crutchlow comentou:
 
“Para todos os que me perguntam sobre o meu futuro; neste momento estou ainda em discussões e devo saber algumas coisas em breve. Quero agradecer a todos pelos tweets que me enviaram e pelas preocupações que mostraram para comigo em relação a com quem vou correr na próxima época. Quando a decisão for tomada tratarei de a anunciar. Entretanto, tudo não passa de especulação! Mas por favor, não digam para quem devo, ou não, correr. Compreendo que todos querem uma equipa diferente, mas um verdadeiro fã apoia de forma incondicional...”
 
Lin Jarvis falou em exclusivo com o motogp.com
TAGS 2013 Cal Crutchlow

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
MotoGP VIP VILLAGE™