Crutchlow quarto apesar de ter falhado teste de Austin

Crutchlow fourth despite missing test in Austin
Domingo, 21 Abril 2013

Cal Crutchlow ficou muito contente com o quarto lugar este domingo no primeiro Red Bull Grande Prémio das Américas. O piloto da Monster Yamaha Tech 3, que partiu para a corrida da mesma posição, não tinha testado no Circuito das Américas antes.

 

Há um mês a Yamaha Factory Racing juntou-se à  Repsol Honda Team e LCR Honda MotoGP num teste privado de três dias na pista texana. Para esta época Crutchlow tinha traçado como meta terminar na sexta posição na corrida de 21 voltas de domingo.
 
“Estou muito contente e fizemos um trabalho melhor que qualquer um de nós esperava antes de chegarmos ao Texas,” começou. “Sem termos testado aqui, estava preocupado e pensei que fosse mais uma luta – e o incêndio na box na quarta-feira (à noite) fez com que não pudéssemos fazer o nosso trabalho normal de preparação.”
 
“Por isso, terminar em quarto e atrás do Márquez, Pedrosa e Lorenzo é um grande feito para todos nós e quero agradecer a toda a minha equipa. Qualificámo-nos bem e rodei muito bem na corrida – e o mais satisfatório foi a minha consistência. Infelizmente alarguei a trajectória quando tentei passar o Bradl, mas consegui lutar e recuperar e rodei à mesma velocidade que o Lorenzo durante muito tempo, o que me dá muita confiança para as próximas corridas.”
 
“Estou a dar tudo o que tenho, nunca desisto e penso que neste fim-de-semana voltámos a mostrar o quão competitivo é o pacote da Monster Yamaha Tech 3. Agora vamos para Jerez e fui rápido lá durante os testes de Inverno, pelo que vai ser mais uma grande batalha e estou animado com isso.”
 
O companheiro de equipa Bradley Smith – um estreante no pelotão de 2013 – terminou em 12º, a primeira vez que viu a bandeira de xadrez na categoria rainha.

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™