Morreu o jornalista da Cycle News Henny Ray Abrams

Sexta, 1 Março 2013

Há vários anos jornalista do Cycle News Henny Ray Abrams morreu aos 57 anos. Figura popular do paddock do MotoGP™, Abrams foi encontrado morto no seu apartamento de Brooklyn, em Nova Iorque, na quinta-feira.

 Abrams era o colaborador mais antigo do Cycle News, fazendo reportagens e fotografando corridas de motociclismo desde o final da década de 70. Ele cobriu vários eventos de motociclismo, como o World Motocross, AMA, assim como o MotoGP.

“Não sabíamos nada do Henry desde sábado”, disse Paul Carruthers, Editor do Cycle News. “Quando enviávamos um email ou telefonávamos ao Henry, ele respondia logo. Quando comecei a não ter resposta dele, fiquei preocupado. Estou em choque. Conhecia e trabalhava com o Henry desde que vim para o Cycle News em 1985. Não tenho palavras”.

Os tributos a Abrams estão a multiplicar-se no Twitter. “Tenho muita pena de saber que Henny Ray Abrams morreu”, disse o bi-campeão do mundo Casey Stoner. “Um verdadeiro cavalheiro e jornalista, era sempre um prazer trabalhar com ele”. Colin Edwards, compatriota de Abrams, também reagiu rapidamente à notícia inesperada. “Um grande amigo e um grande jornalista – vamos sentir a tua falta, amigo”. O também jornalista Matthew Birt, da Motorcycle News, descreveu Abrams como ‘um jornalista esforçado e um homem bom como nunca se encontrará”. Também no Twitter, o repórter da BBC no pit lane do MotoGP Azi Farni, que entrevistou Abrams no teste de Sepang, há três semanas, disse: “Estou muito, muito triste por saber do Henny Ray”. “Um homem maravilhoso e interessante e um grande companheiro de jantares. Vamos sentir muito a sua falta no paddock.”

A Dorna Sports e MotoGP enviam as mais sentidas condolências à família, amigos e companheiros de Henny Ray Abrams e agradecendo-lhe pelo grande contributo que deu ao Campeonato do Mundo de MotoGP™.

TAGS 2013

Fotos:

Abrir mais notícias

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
MotoGP VIP VILLAGE™