Dovizioso muito frustrado com lesão no pescoço

Dovizioso very frustrated by neck injury
Sexta, 31 Maio 2013

Andrea Dovizioso ficou muito aborrecido por ter lesionado o pescoço na sequência da queda que sofreu na primeira sessão de treinos livres com vista ao Grande Prémio caseiro. O piloto da Ducati Team ficou com muitas dores, em particular nas rectas de Mugello.

 

Depois da queda desta sexta-feira de manhã, Dovizioso escapou a lesões graves na coluna, mas passou a sentir muitas dores sempre que tem de inclinar a cabeça para trás – o que acontece sempre na rápida recta da meta.
 
“Estou mesmo contente por ter sido capaz de fazer a segunda sessão porque não pensava que seria capaz de rodar,” começou. “O que me aconteceu não foi assim tão terrível, mas é problemático para a posição de pilotagem. Não consigo inclinar a cabeça para trás, pelo que não consigo olhar para a frente quando estou na recta, ou viro a cabeça a meio das curvas. Tenho de agradecer ao Dr. Costa e à Clínica Médica por terem feito tudo para me ajudarem a rodar, de outra forma não teria sido capaz de o fazer.”
 
“O meu fisioterapeuta, o Francesco Chionne, também me ajudou muito. Esperemos que a situação não piore porque estou no limite para correr. Apesar disso, estou contente com o meu tempo. Quanto à minha queda, cometi um erro na Curva 1, que era a mais molhada de todas. Alarguei um pouco a linha, mas queria tentar continuar no asfalto. Estava a rodar rápido, perdi a frente e comecei às cambalhotas na gravilha; fiz um entorse no pescoço e isso afectou mesmo a minha micro-hérnia.”
 
Dovizioso terminou o dia em sétimo, enquanto o companheiro de equipa Nicky Hayden foi o melhor piloto Ducati ao terminar em quarto. O piloto de testes da marca italiana, Michele Pirro, que está a rodar com a GP13 Lab tal como em Jerez, foi décimo.

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
MotoGP VIP VILLAGE™