Primeiro azar para Márquez com tempos a descerem mais em Sepang

First slip-up for Márquez as times drop further in Sepang
Quinta, 7 Fevereiro 2013

Marc Márquez, da Repsol Honda Team, saiu ileso da sua primeira queda do ano esta manhã no último dia de testes de Sepang, isto enquanto os recordes eram batidos e os tempos melhorados em todo o pelotão.

 

O companheiro de equipa de Márquez e líder de todas as sessões, Dani Pedrosa, era o piloto mais rápido à hora de almoço ao assinar um tempo de 2m00,100s, batendo a melhor volta do traçado estabelecida no ano passado por Jorge Lorenzo, da Yamaha Factory Racing. As condições da pista estavam ideais durante a manhã, com as equipas a serem recebidas com sol, o que ajudou a maioria a aumentar o ritmo. Contudo, tal revelou-se traiçoeiro para Márquez que, apesar de rodar abaixo do segundo 01, sofreu queda por volta das 11h30 locais. Felizmente ele saiu ileso do contratempo.
 
Lorenzo, como Pedrosa, esteve no ritmo desde sedo, se bem que não bateu o seu recorde, enquanto o companheiro de equipa Valentino Rossi deixou para meio da sessão para rodar a menos de um décimo de segundo do espanhol e entrar pela primeira vez na cada dos 2m00s. Isto deixou Márquez em quarto, com Cal Crutchlow (Monster Yamaha Tech 3) em quinto. O inglês está a melhorar de dia para dia com a sua M1 de 2012, e foi o último a rodar abaixo do segundo 01.
 
Stefan Bradl (LCR Honda MotoGP) parece estar a dar-se bem, tendo terminado a três milésimos de distância, enquanto Álvaro Bautista (Go & Fun Honda Gresini) ainda está em busca da melhor afinação para se aproximar mais da frente. O espanhol era sétimo ao final da manhã. As Ducatis de Nicky Hayden e Andrea Dovizioso melhoraram para oito e nono, com o estreante da Tech 3, Bradley Smith, logo atrás. O piloto de testes da Yamaha Katsuyuki Nakasuga ficou à frente de um impressionante Aleix Espargaró, que está agora a apenas 2,5s do topo com a CRT da Power Electronics Aspar, e mais rápido que Andrea Iannone (Pramac Racing). O companheiro de equipa do italiano, Ben Spies, optou por não rodar hoje e deixar o ombro descansar mais antes do segundo teste mais para o final deste mês.
 
A frente de Randy de Puniet ficaram os pilotos de testes da HRC, Kosuke Akiyoshi, e da Yamaha, Watanu Yoshikawa, com Michael Laverty (Paul Bird Motorsport) a seguir-se e a continuar a melhor de forma impressionante. Héctor Barberá, da Avintia Blusens, foi o nome que se seguiu enquanto tenta resolver os problemas de vibração. Ele terminou à frente de Karel Abraham (Cardion AB Motoracing), Claudio Corti (NGM Mobile Forward Racing), Danilo Petrucci (Came IodaRacing Project) e Hiroshi Aoyama (Avintia). Lukas Pesek, da Ioda, continua a curva de aprendizagem aos comandos da Suter-BMW, batendo Yonny Hérnandez (PBM), que continua a lutar com vibrações, enquanto Bryan Staring (Gresini) e Colin Edwards (NGM) continuam com dificuldades no fim da tabela.
TAGS 2013 Sepang Circuit

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™