Pelotão cada vez mais compacto com Pedrosa na frente

Grid bunches closer as Pedrosa leads Sepang day two
Quarta, 6 Fevereiro 2013

O segundo dia do teste de MotoGP™ de Sepang, que foi ligeiramente encurtado devido à chuva, foi liderando por Dani Pedrosa, da Repsol Honda Team, e Jorge Lorenzo, da Yamaha Factory Racing, com todo o pelotão a apresentar muitas melhorias.

 

Enquanto os dois mais rápidos passaram o dia a aproximar-se do recorde da pista estabelecido por Lorenzo no ano passado, com Pedrosa a rodar em 2m00,549s, apenas 0,019s mais lesto que o compatriota. Enquanto isso, o meio do pelotão e a sua cauda foi onde se encontraram as melhores melhorias, com nomes como Bradley Smith (Monster Yamaha Tech 3) a melhorar em 1,5s face a ontem para terminar o dia em oitavo e com a Ducati a encontrar bem mais de meio segundo.
 
Mas os nomes principais mantiveram-se os mesmo de ontem, com Pedrosa e o seu companheiro de equipa Marc Márquez, que terminou em terceiro, a trabalharem no pacote de electrónica da RC213V e a apresentarem tempos impressionantes. O mesmo se passou uma vez com a Yamaha, com Valentino Rossi a dar continuidade à boa forma de ontem. Lorenzo e Rossi continuaram a avaliar a M1 de 2013 com o objectivo de decidirem que partes são uma melhoria face à máquina campeã do mundo do ano passado.
 
Atrás de Rossi, em quinto, ficou Cal Crutchlow (Tech 3) que voltou a provar estar a dar continuidade ao ponto em que terminou no ano passado; o britânico concluiu o dia a apenas sete décimos da frente, enquanto Stefan Bradl (LCR Honda MotoGP) teve um dia pouco ideal, com uma indisposição matinal a limitar o número de voltas que fez e a avaliação da nova montada. Ele terminou uma posição abaixo de ontem, se bem que ainda assim conseguiu manter-se à frente de Álvaro Bautista (Go & Fun Honda Gresini), que continua a busca da melhor afinação para a suspensão Showa.
 
Bradley Smith (Tech 3) acabou por terminar a pouco mais de 1,3s de Pedrosa, com Nicky Hayden e Andrea Dovizioso, da Ducati, logo atrás. A dupla logrou grandes melhorias no ritmo face a ontem. Não muito longe ficaram os pilotos de testes da HRC, Kosuke Akiyoshi, e da Yamaha, Katsuyuki Nakasuga, que levaram a melhor sobre Ben Spies (Pramac Racing), que não só fez mais voltas que ontem depois dos problemas com o ombro, mas também aumentou muito o ritmo. Entre ele o companheiro de equipa Andrea Iannone ficou o outro piloto de testes da Yamaha Wataru Yoshikawa.
 
A dupla da Power Electronics Aspar, Aleix Espargaró e Randy de Puniet, voltou a liderar o pelotão das CRT. Ambos os pilotos avaliaram  novo chassis e braço oscilante, com Danilo Petrucci (Came IodaRacing Project) e o piloto de testes da HRC, Takumi Takahashi, logo atrás. Hiroshi Aoyama (Avintia Blusens) pareceu debater-se com menos problemas no pulso que facturou há poucas semanas e terminou em 20º, à frente do companheiro de equipa Héctor Barberá, que trabalhou na electrónica para tentar ultrapassar os problemas de vibrações.
 
Karel Abraham (Cardion AB Racing) terminou à frente de Michael Laverty, que melhorou muito aos comandos da ART da Paul Bird Motorsport e que consegiu bater o companheiro de equipa Yonny Hernandez por duas posições depois do colombiano se ter debatido com problemas de aderência traseira. Entre os dois ficou Claudio Corti (NGM Mobile Forward Racing), com o companheiro de equipa Colin Edwards e Bryan Staring (Go & Fun Honda Gresini) a completarem a tabela de tempos.
 
O teste manteve-se seco até à última hora, altura em que a chuva interrompeu os trabalhos. A acção volta à pista amanhã de manhã pelas 10 horas locais.
TAGS 2013 Sepang Circuit

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™