Hayden desejoso por forte início de época

Terça, 15 Janeiro 2013

Nicky Hayden, da Ducati Team, enfatizou o desejo de começar forte a época de 2013 para tirar o maior partido da nova estrutura e direcção na primeira conversa que teve com a imprensa no Wrooom, em Madonna di Campiglio.

 

Com um ano de contrato assinado para 2013, o quinto ano com a Ducati, Hayden quer capitalizar ao máximo desde o início da nova liderança de Bernhard Gobmeier e dos novos planos técnicos ainda por revelar para a próxima temporada. O americano comentou: “Estive em Bolonha nos últimos dias. Não se pode dizer que temos uma ‘moto nova’, não mudou desde o ano passado, mas estamos a dar pequenos passos. A regra do motor é claramente um obstáculo, mas vejo este ano como um ‘novo’ início.”
 
Questionado sobre o seu chefe de equipa para este ano, o americano disse: “Estou muito contente por o Juan Martínez ter continuado, não o queria trocar por qualquer outro chefe de equipa no paddock.” Instado a falar sobre se teria mais apoio da Ducati após a saída de Valentino Rossi, ou se estava de alguma forma aborrecido em relação à direcção seguida nos últimos anos ele comentou que não foi negligenciado pela marca durante o tempo de Rossi e que pode mesmo tirar alguns aspectos positivos, como a rápida introdução do chassis de alumínio. Contudo, ele disse que “talvez venha a haver mais foco em mim.”
 
Quanto aos problemas da moto disse que continuavam praticamente os mesmos que os do último teste do ano passado, que a questão da viragem ainda não solucionada, o que torna mais complicado levantar a moto, e que o acelerador continua a ser um problema à saída de curvas lentas. Mas com Dovizioso como companheiro de equipa e a alteração na direcção, Hayden espero causar impacto desde o início, apesar de não ser capaz de desvendar hoje os detalhes da moto.
 
Ele também comentou brevemente a competição para esta época, brincando ao dizer que espera que Dani Pedrosa não continue a apresentar o ritmo relâmpago do ano passado e que pensa que Marc Márquez pode ser uma ameaça desde a primeira jornada, apontando o jovem espanhol como um talento particular.
 
Depois de ter andado na pista de terra do pai, no Kentucky, durante o período de Natal, de ter descansado e de ter conseguido evitar lesões, Hayden aparecer tranquilo e disse estar desejoso por voltar aos comandos da moto em Sepang dentro de poucas semanas.

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Fotos:

Abrir mais notícias

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
MotoGP VIP VILLAGE™